04/12/13

VISCONDE DE PARNAÍBA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 12.02.2013
DESTINO: Estação Visconde de Parnaíba
LOCALIZAÇÃO: Município Jardinópolis – SP
COORDENADAS: 21°01’45″S 47°42’27″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1886
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, cercado, fechado e aparentemente servindo de depósito
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Claudinéia de Marchi e Lara Caroline de Marchi de Castro Moreira

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Visconde de Parnaíba é uma estação da antiga Linha do Rio Grande localizada no município de Jardinópolis. Era a segunda no sentido de Minas Gerais e ficava logo após as de Entroncamento (tronco original) e de Jurucê, quando a linha ainda existia e era ativa. Estivemos lá e vimos de perto cada detalhe do prédio, que ainda conta com dístico legível, lousas, plataforma coberta, caixa-d’água e o recuo do leito ainda bem delineado à frente do prédio. As placas de quilometragem e de altitude não estão mais por ali e o galpão está sendo utilizado com depósito e está fechado. É uma construção típica da Cia.Mogiana, sendo um prédio de tijolos aparentes e, diferentemente de outros tantos da região, ele possui um segundo pavimento, o que lhe dá maior imponência e até, certo requinte. Andamos, fotografamos, filmamos, perguntamos, porém pouco se sabe a respeito dela por ali. Sabe-se que chamava-se Rio Pardo, que foi construída por um engenheiro polonês chamado Brodowski (Sim, provavelmente o mesmo que batizou a estação seguinte da mesma linha), que a linha foi extinta por volta de 1988 e desde então a velha estação está abandonada no meio do mato. Ao que me pareceu ela ainda deve estar envolvida em algum imbróglio judicial, pois apesar de estar junto da sede e de uma pequena colônia, os moradores não a tratam como propriedade. É um lugar bonito, no meio de vários canaviais, que preserva aquele ar de passado e que está cada vez mais raro. Para os interessados, Visconde de Parnaíba é uma boa pedida de roteiro ferroviário, pois seu acesso não é difícil, e depois de visitá-la neste clima quente típico da região de Ribeirão Preto, uma cerveja gelada e um filé no arado, do “Bar da Tigrinha” no distrito de Jurucê é uma ótima pedida. Permitam-se!

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER VISCONDE DE PARNAIBA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

3Comentários

  1. 07/12/13 às 3:20
    marcos antonio silva.:

    ano de sua construção 1886.como era no passado está estação nestá região. de belo cenário em sua voltá.como foi possivel a sua construção. neste lugar o que levou a sua desátivação.por completo nesté ramal ligando os estados de são paulo é minas gerais. naquela epóca.o que leva os governos do passado a construir com tanto requinte está estação é tantas outras.nesse segmento chamado ferrovia.quanto tempo levou a sua construção. quanto esforço para que se hojé está nesse total abandono é descaso de nessas autoridades.como possamos definir está é tantas outras construções do passado nesse chamado ferrovias ligando várias cidades é estado.é hojé tudo foi desátivado por completo.tudo retirado para não deixar rastros como evidencia que ali um dia houve.um movimento de trem indo é vindo trazendo o progresso de vários setores de produção .que existia junto a esse ramal. ramal esse que foi retirado tudo do dia para noite acabando com sonhos de tantas lutas é esperança vivida por aqueles. que tiveram o prazer de pecorrer nesse cenário.que a própria natureza oferece.para nós seres humanos. é vem alguém com determinação para acabar.com tudo isso que foi contruido com requinte é detalhes nessas construções como estamos vendo hojé. graças ao trabalho de alguém que está pecorendo. vários lugares é cidades para mostra o que foi no passado a riqueza desté brasil.levando sobre trilhos a produção á alegria o sonho a esperaça de tantos.que deram suas vidas nestá construção.que estamos vendo.para que então construir com tantos detalhes é requinte essa estção nesse lugar. é ao mesmo tempo deixar tudo parado não servindo para nada. todas está construções foi construidas.ao meu ver com muito detalhes é requintes novamente.se pensando no futuro.futuro esse que veio com sua desátivação não importando com o vai é vem nesses trilhos. ( trilho esté que não existé mais) aonde foi parar com o tamanho da malha ferroviaria.que está nos dias de hojé acabando por completo.sem cuidados sem manutenção adequadas. hojé tudo isso é o grande descaso com nossa malha ferroviaria.aonde foi sonhos hojé só restá saudades.dos tempos que não voltá mais nesses trajeto chamado ferrovia no passado alegria. futuro inserto.nas mãos de grupos logisticas como sempre.promete investir promete cuidar.do que já existé.mais como nós sabemos cuidar do que.daquilo que não existá mais.esse foi um patrimonio que já mais volta a tantas glórias.marcelo boa sorté em sua jornadas fica com deus. ( gostei muito desté cenário pena que não há mais vidas em torno destá estação.) abs de marcos silva.

  2. 07/12/13 às 4:58
    marcos antonio silva.:

    olá bom dia. esté coméntário se refere-se a tantas ferrovias é estações desátivadas em nosso estado como de costume.quantos kilometros de ferrovia foram desátivado ao longo de vários anos.hojé como podemos ver novamente é simplesmente. o grande descaso com a história da malha ferroviaria no brasil. desdes a sua inauguração. lá trás até os dias de hojé. quantas construções. que foram construida com tanto detalhes é hóje o que vimos são os desmando de nossos governos.a falta de investimento nesse setor. chamado ferrovia.até mais fica com deus. abs.

  3. 30/04/17 às 10:54
    ana maria luiz ferrreira lima:

    fui criada neste lindo lugar

Deixe seu Comentário