22/11/11

VILA ALBERTINA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 29.09.2011
DESTINO: Estação Vila Albertina
LOCALIZAÇÃO: Município Guatapará – SP
COORDENADAS: 21°28’46.61″S 47°58’6.54″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1914
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Demolido
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Fábio Cuervo e Vinicius Costa

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Vila Albertina já não existe mais, hoje somente alguns resquícios, poucos mesmo do que foi a estação ainda estão por lá. É bem difícil saber exatamente onde era o quê, circulamos ao redor da área que certamente era a da estação, encontramos no meio do mato alguns tijolos antigos e um barranco que lembra a antiga plataforma, pois estava posicionado bem ao lado do antigo leito da antiga linha do ramal de Monteiros (onde também estivemos). Lá claramente se observa pela posição da estrada de terra, que hoje ocupa o local dos trilhos, um recuo tomado pelo mato, onde a estação um dia existiu, a visão que se tem de lá é bem bonita, principalmente de uma chaminé abandonada do outro lado, bem em frente a uma enorme mata de eucaliptos. De Vila Albertina, aprendemos a necessidade de um 4×4 para se chegar a determinados lugares, que navegar apenas baseados no “feeling” costuma não dar muito certo e que nem sempre encontraremos no local o que imaginávamos. De lá, ficou uma pontinha de frustração por não termos chegado até a chaminé (e como tentamos, culpa do “Venicius”, claro…), mas também a certeza de que com ou sem estação em pé, o projeto vale muito a pena.

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

2Comentários

  1. 21/08/13 às 0:27
    marcos antonio silva.:

    ano da sua construção 1914 de lá para cá o que aconteceu nesté trécho destá que foi a ferrovia é a antiga estação nesse municipio de guatapará-sp pelo que eu estou notando a única ferrovia que existia neste local foi desátivada.por qual mótivo de tanto interese em desátivar nestá região.o que aconteceu de verdade mais um descaso ou falta de competencia desses governos e secretário de transporte que talves ném existia naquelá epóca.hojé o que podemos ver são apenas alguns tijolos debaixo de uma mangueira repousando para sempre sem nenhuma utilidade.e do outro lado podemos plantações de cana de açucar e do outro lado plantações de eucaliptos.mais nada de vertigios da ferrovias e plataforma da antiga estação.tudo retirádo para que no futuro não deixa-se rastro para documemtár o que foi no passado uma ferrovia nesté local.quanto tempo levou ná sua contrução naquelá epocá com todo cuidado que a companhia mogiana atuava nesse segmento de cuidar nesses detálhe de construção daquelá epóca nada restou de sonhos de tanats luta. abs

  2. 02/07/14 às 23:12
    marcos antonio silva:

    o tempo aqui parou no segmento chamado ferrovias já se passou 100 anos deste o inicio de suas atividades nesta região mais uma vez a única linha férrea que existia aqui foi desativada para dar lugar a outras atividades mais o seu principal papel não existe mais quantas vidas passaram por este lugar quantos encontros e desencontros passaram por dentro desta que no passado era chamada de estação vila Albertina hoje o silencio predomina neste lugar como em muitas outras linhas férreas em nosso interior esse e o retrato e não podemos fazer muito por elas ate mais Marcelo .

Deixe seu Comentário