25/09/14

VARGEM GRANDE

DATA DA EXPEDIÇÃO: 15.12.2013
DESTINO: Estação Vargem Grande
LOCALIZAÇÃO: Município Vargem Grande do Sul – SP
COORDENADAS: 21°49’48″S 46°53’50″W
TRILHOS NO LOCAL: Não, nada restou
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1909
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, quase em ruínas, abandonado e fechado (foi demolido alguns dias após nossa visita)
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Pedro Gandra de Carvalho, José Antonio Thomaz e Roberto Baptista Piteri

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Terra natal do meu saudoso pai Luiz Carlos Tomaz, a quem devo todo o reconhecimento pela forma incrível que me criou. Vargem Grande do Sul sempre foi uma cidade que me intrigou, afinal de contas, era um lugar cuja a estação ficava fora da linha-tronco da antiga Mogiana e Fepasa na minha infância, pois quando seguíamos viagem para Aguaí (terra natal da minha mãe), nós nunca passávamos por Vargem Grande (terra do meu pai), e isso sempre me soou um pouco injusto. Afinal, por que passávamos em uma, e não na outra? Décadas depois, vim a descobrir que Vargem Grande estava situada num pequeno ramal homônimo, e que tinha na cidade o seu ponto final, e por isso, lá existia um fluxo muito menor de trens. O ramal foi desativado em 1961 e de lá para cá, o abandono foi o que restou. Utilizada como agência rodoferroviária pela própria Companhia Mogiana, também serviu de armazém e de oficina por anos, até que em 2014, mais precisamente no mês de fevereiro, foi completamente demolida. Eu tive a sorte de ter estado lá alguns meses antes disso, e ter podido documentá-la ainda com “vida”, extremamente debilitada, mas ainda em pé. Ainda assim, pouco se via de encanto por lá, o dístico ainda legível (com muito esforço) apenas de um lado, um arremedo de plataforma na parte interna, que estava fechada, algumas portas e janelas, todas quebradas, enfim, uma tristeza só. Ali era o local onde o meu pai brincava em parte da sua infância, e ter estado ali, me trouxe uma enxurrada de sentimentos e lembranças dele. Como eu nasci em 1975, nunca tive o privilégio de ver a estação funcionando, mas pelo menos, pude salvar um pouquinho dela para quem um dia se interessar. Adeus velha estação.

PANORÂMICAS DA ESTAÇÃO:
Com o compromisso de oferecer o máximo de detalhes que puder colher em cada local visitado, agora disponibilizo também imagens panorâmicas, para que tenham a sensação não só da estação, como também do seu entorno, espero que curtam.

PANORAMICA_VARGEM_GRANDE_01

A estação era assim, foi demolida em fevereiro de 2014.

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER VARGEM GRANDE DO SUL

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

5Comentários

  1. 08/10/14 às 19:42
    marcos antonio silva:

    ano de sua construção 1909 a estação vargem grande de sua historia pouco resta dela por falta de preservação dos orgãos competente nesse pais o passado de nossas ferrovias de tantas glorias que trouxe para o nosso pais desde da chegada de nossos pioneiros nessa area em segmento chamado estrada de ferro hoje e triste marcelo ver toda historia desta estação vargem grande nessa situação de total abandono e como voce citou em sua postagem terra natal do seu saudoso pai essa não deveria ser a historia desta estação vargem grande nessa situação abandonada por completo sem nenhuma utilidade em suas estalações esse são pra mim os verdadeiros descaso com a historia de nossas malha ferroviaria em nosso pais ja se passou 53 anos desde sua desativação nesse segmento sobre trilhos mais não deveria acabar nessa situação como estamos vendo graças ao seu trabalho magnifico em detalher por completo a historia e os demando nesse transporte ferroviario que em todas regiões por ondevoce passou o que vimos em mairia das vezes são desativações e abandono nesse transporte fica com deus marcelo.

  2. 10/10/14 às 13:15
    marcos antonio silva:

    aqui o sonho que foi realizado no periodo de grandes conquista atraves da malha ferroviaria hoje 2014 não existe mais por onde houve grande transformação no municipio de Vargem Grande do Sul SP aqui esta um exemplo com o patrimonio que foi simbolo nesta região enquanto durou sua vida util no transporte sobre trilhos o passado para muitos não pode acompanhar o presente e o futuro nesse segmento que estamos citando por isso que vemos atraves desta reportagens e documentarios o que foi de nossas malhas ferrovias nessa situação de total abandonos e descasos por nossos governos que fecham os olhos nesse monumentos ferroviarios aqui foi citado que depois desta reportagens a velha estação que estava sem conservação pelo orgãos competente desse municipio nada fizeram para conservar sua historia nesse transporte ferroviario apenas fizeram o que e mais simples para eles inves de preserva fizeram ao contrario apagaram a sua historia por completo nesta região por onde existiu o segmento sobre trilhos patrimonio historico nesse sentido ferroviario não existe para eles que estão no poder ate mais abs.

  3. 12/10/14 às 23:00
    marcos antonio silva:

    aqui um breve comentario sobre o que foi desta estação Vargem Grande seu mundo e sua ferrovias que fazia parte do seu ramal e de sua historia deste sua construção seu mundo voltada no segmento de transporte sobre trilhos nesta regão nada mais restou sua historia foi apagada em suas estruturas mais estara sempre na memoria de seus moradores e nas estaçoesbrasleiras adeus essa e a verdadeira conservação na memoria ferroviaria tudo e apagado e demolido neste pais. abs

  4. 13/10/14 às 20:35
    marcos antonio silva:

    aqui sua idade de 106 anos desde sua consrução a condenou quando sua ferrovias seus trilhos seus movimento nesse transporte foram interrompidos sem explicações a cada passar dos anos mesmo parada sua historia ficava mais fragil sem esperança de sobrevivencia neste lugar .um exemplo não se referindo a estrada de ferro e como nos brasileiros ao chegar aos 50 anos de idade ja somos considerado velhos para o mercado de trabalho nesse pais de que forma nossos governos vão preserva essa reliquia mesmo com essa idade na historia ferroviaria nesse pais o velhos são descartado como nos em busca de trabalho e não ha muita esperança nesses dois sentidos de se expressar ate abs.

  5. 27/09/15 às 18:56
    Mario Poggio Junior:

    Saudades de minha infância quando ia à Estação Ferroviária com Papai, que era administrada pelo Senhor Olito Braga.
    Resta agora as fotos que o Artista Fotográfico Virgílio Forlin deixou para matar a saudade.

Deixe seu Comentário