07/12/13

TAPUIA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 19.06.2012
DESTINO: Estação Tapuia
LOCALIZAÇÃO: Município Rincão – SP
COORDENADAS: 21°37’53″S 48°04’26″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, em pleno uso
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1910
CONSTRUÇÃO: Companhia Paulista de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Demolido, apenas restos da plataforma ainda resistem por lá
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Vinicius Costa e José Antonio Thomaz

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
A palavra Tapuia durante séculos serviu para designar os índios que não falavam a língua Tupi, e também emprestou o seu nome à esta estação da Cia.Paulista, localizada próxima da divisa dos municípios de Santa Lúcia e Rincão. Estive lá com o meu Tio Zé e com o Vinicius, atrás do que restou do velho prédio ferroviário. E não foi muito, para não dizer, quase nada. Por lá, apenas restos da plataforma cobertos pelo mato alto ainda resistem e nada mais. Andamos, cortamos o mato, subimos barrancos e entramos em alguns pontos para ver se encontrávamos algo mais do que apenas tijolos pelo chão, mas não, nada além disso foi encontrado. Um fato curioso foi que, ao chegarmos próximos do local, um homem nos abordou do nada, questionando a respeito da nossa presença por lá, no início de forma meio hostil (imagino que pelo fato dele ser um carvoeiro e temer que fôssemos denunciá-lo ou coisa parecida), mas depois acabou nos mostrando todo o lugar sem maiores problemas. Por lá, apenas a placa de ferro mostrando a quilometragem (281) e uma torre de ferro ainda insistem em marcar presença, visto que até a gente foi embora logo dali. De lá, seguimos para Santa Lúcia, o que já é uma outra e boa história, aguardem!

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER TAPUIA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

3Comentários

  1. 10/12/13 às 23:21
    marcos antonio silva.:

    olá mais um coméntário.sobre o que foi .o que restou já se passou 103 desté a sua inauguração destá ferrovia juntamente com a estação que já nem existé mais.atualmente apenas só os trilhos estão em atividades. ainda por quanto tempo.só eles sabém.olhando para essses trilhos o que se transportou no passado é presente. cargas ou passageiros.qual foi o próposito de demolir a antiga estação nesse ramal.mesmo que sejá uma pequena ou uma grande qual o significado de tantas demolições nesse segmento chamado ferrovias.como sempre no estádo de são paulo.o nosso governo estadual não se preocupa em conserva esse patrimonio.que tanto inspirou sonhos alegrias é esperançã a lugares é pessoas há esperá de suas chegadas.levando consigo há mágia desse meio de transporté tão importante no passado. que hojé no presente é futuro está mais uma vez ameaçado de sumir por falta de investimento ou interesses de nossos governantes como sempre.sonhos que ficaram pelo caminho dessas ferrovias. ferrovias que em muitos lugares já ném existé mais.apenas rastros de demolições por todos os lados. de cada 10 estações catalogadas por voce marcelo apenas 2 ou mais estão ainda em atividades em nosso estádo. quanto que o nosso estado é pais perderam nesse segmento chamado ferrovia.já imáginou com a chegada da copa em nosso estádo é pais.como seria proveitosso para ambas as partés. para os turistá seria um ótimo atrátivo conheçer lugares de nossas regiões é vilárejos. ou até mesmo o litorál por essas ferrovias que ainda existé que hojé muitas delas estão desátivadas por méro capriço desses governantes sem visão. nesse meio de transporté com o passar dos anos está cada vez mais se acabando em nosso pais chamado brasil. brasil sem reconhecimento dos bravos que aqui chegaram para desbrava os limites de serras é montanhas para se chegar a lugares desconhecido ou até mesmo em nosso litorál. hojé tudo isso ficou no passado. passado esse que não tem voltá para aqueles que aqui deram sua contribuição nesse segmento chamado ferrovia.que levou sonhos a lugares distantes.esperança de progresso a cidades é vilérejos que sonhavam com o futuro da chegada da ferrovia nesses meio de transporté. que em muitos lugares ficou apenas.na lembrança de quem viveu o sonhos nesses trilhos. que hojé infelismente tudo parece pessadelo com tantas desátivações.por falta de interesse é de investimento de quem deveria cuidar.hójé mais uma vez só restá saudades do tempo que não voltá mais nesse segmento chamado ferrovia. sonhos de quem viveu há mágia de se transportados por locomotivas pecorrendo por trilhos cortando serras é montanhas é tuneis.é chegando a várias regiões distantes. abs marcelo de marcos silva.

  2. 22/12/13 às 23:48
    marcos antonio silva.:

    olhando para cada trilho em cada direção de norte a sul de leste a oeste para onde leva. esse caminho chamado ferrovia como podemos ver em muitas delas a lugar nenhum. algumas adormece no esquecimento por completo.que sua vida útil chegou ao fim de sua jornada transportando o progresso o sonho de tantos. que por ali passou no passado glorioso chamado ferrovias.o sonho de muitas acabou quando os trens foram emborá dessas regiões.regões essa que ainda busca sonho é esperança de uma vida melhor. abs marcelo de marcos silva.

  3. 25/11/14 às 15:21
    EDNILSON RODRIGUES DE ALMEIDA:

    olha quando vi essa estação fiquei revoltado pois esse é o BRASIL POIS SABER QUE TIVE DOIS AVÔS QUE TRABALHARAM NA FERROVIA PAULISTA SOROCABANA DEPOIS DE VER ISSO É UMA VERGONHA .MESMO.POLITÍCO CORRUPTO CULPA DE FERNANDO HERINQUE CARDOSO .

Deixe seu Comentário