Posts encontrados com a Tag: "SANTA ESMÉRIA"

SANTA ESMÉRIA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 05.01.2013 e 04.07.2013
DESTINO: Estação Santa Esméria
LOCALIZAÇÃO: Município Muzambinho – MG
COORDENADAS: 21°18’43″S 46°35’57″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1913
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Demolido, nada restou no local
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Marcelo Freitas, Pedro Gandra de Carvalho, Alexandre Neves e Rodrigo Faustino

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Santa Esméria ficava entre as cidades de Muzambinho e Guaxupé, bem próxima a fronteira, mas ainda no território de Muzambinho. Estive lá por duas vezes, segui todas as pistas que pude conseguir, e uma divergência quanto ao seu local exato me perseguiu por alguns meses, até que eu pudesse voltar lá e realmente me certificar de que estava no local correto. Durante 6 meses de pesquisas, obtive materiais que apontavam um local a uns 500 metros (se muito) distante da sua real localização, morro acima, na direção de Guaxupé, praticamente na linha divisória entre os municípios. Mas esta informação não estava correta e, apenas conversando com moradores locais nas duas vezes em que fui até lá para poder descobrir isso. Era bastante improvável que a estação ficasse aonde estava inicialmente marcada no mapa (vide imagem abaixo), pois era morro acima, e num grau de elevação muito além dos padrões normais que uma ferrovia sem cremalheira suporta. Da primeira vez, encontramos um senhor que estava exatamente no local aonde deveria estar a estação, e ao ser questionado por mim, disse que ela tinha existido sim por ali, mas era mais para baixo, a uns 500 metros. Desconfiado de que ele não nos queria xeretando nada por lá, fui até o local apontado e nada encontrei. Naquele dia colhi material e junto com o meu amigo e parceiro de expedição Marcelo Freitas, e seguimos com a expedição. Meses depois, ainda com aquela situação em mente, voltei ao local, que é longe, mas foi necessário, e pude encontrar pistas mais consistentes acerca do velho prédio, hoje já realmente demolido. A dona de um haras que ocupa o local da antiga estação me deu toda a informação necessária e o melhor, nos acompanhou até alguns pontos-chave que esclareceram toda a situação. Nos contou e mostrou por onde passava o antigo leito, mostrou restos de uma antiga ponte de pedra por onde o trem passava, nos mostrou uma linda cachoeira dentro de sua propriedade, apontou o local exato da estação e nos disse que foi demolida há bastante tempo, sem precisar exatamente quanto. Era um prédio nos padrões da Cia. Mogiana, de tijolos aparentes, com plataforma pequena, um telhado duas-águas e uma casinha para o chefe da estação pouco a frente. Andamos por todo o lugar, e posso afirmar que atualmente por lá, nada mais restou. Talvez, algum resquício de tijolos e cimento mato adentro, mas tem que ser bem adentro, pois nós o adentramos pelos dois lados da estrada e nada encontramos. De lá, seguimos para Moçambo na primeira vez e Guaxupé na segunda…

DIVERGÊNCIA DE LOCALIZAÇÃO:
SANTA_ESMERIA_EARTH

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER SANTA ESMERIA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.