Posts encontrados com a Tag: "GOIAZ"

MESTRE NOGUEIRA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 01.08.2015
DESTINO: Estação Mestre Nogueira
LOCALIZAÇÃO: Município Leopoldo de Bulhões – GO
COORDENADAS: 16°37’1.45″S 48°52’45.77″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1950
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro Goiaz
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, porém abandonado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Estive sozinho na estação Mestre Nogueira em Goiás, numa expedição muito produtiva, auxiliada pelo amigo e colaborador Glaucio Henrique Chaves, que me passou detalhadamente as localizações de todas as estações daquele trecho. Saí bem cedo de Goiânia e, ao raiar do sol já estava em Anápolis para visitar pelo menos 12 estações naquele dia. Chegando em Mestre Nogueira, que fica entre Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis, na BR457, num ponto em que a linha passa paralela a rodovia, num nível mais alto e, digamos, de acesso não muito tranquilo. Cheguei a um conjunto de casas (chácaras?) e, logo à frente, estava a estação. Parei a “Pretona” no ponto mais próximo e fui ver de perto o que restou da antiga estação de 1950. Andei por lá, me fiz de destemido frente aos cães dos vizinhos, tirei fotos, filmei com o meu celular todo o local, entrei, saí, vi tudo mesmo, e como o dia já estava terminando e eu não podia correr o risco de ficar sem luz natural, tratei de acelerar a visita. Mestre Nogueira é uma construção simples, com plataforma coberta, placas de altitude e quilometragem, guichê de bilhetes, salas vazias e o sempre presente tanque nos fundos. O que mais me causou curiosidade (vejam o mini-filme), foi a televisão solitária no chão da sala de espera, possivelmente aguardando espectadores? Rerere… Depois dessa cena digamos, “Sui generis”, fui atrás de alguém que, por ali, pudesse me dar maiores detalhes e histórias do lugar, mas fora os cães, não encontrei ninguém ali naquele momento. Mestre Nogueira está lá, ainda em pé, desprovida de função prática, mas segue forte, como um corpo doente, frágil e esquecido por todos. Triste assim, mas real. De lá segui meu caminho, sempre correndo para aproveitar a luz do Sol e documentar mais uma estação…

PANORAMICA_MESTRE_NOGUEIRA_01

Mestre Nogueira, eu estive!

PANORÂMICAS DA ESTAÇÃO:
Com o compromisso de oferecer o máximo de detalhes que puder colher cada local visitado, agora disponibilizo também imagens panorâmicas, para que tenham a sensação não só da estação, como também do seu entorno, espero que curtam.

FOTOS DO LOCAL:


 

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER MESTRE NOGUEIRA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

BONFINÓPOLIS

DATA DA EXPEDIÇÃO: 01.08.2015
DESTINO: Estação Bonfinópolis
LOCALIZAÇÃO: Município Bonfinópolis – GO
COORDENADAS: 16°37’3.66″S  48°58’11.40″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1950
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro Goiaz
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, porém abandonado e quase desabando
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Cheguei a Bonfinópolis vindo de outras 12 estações visitadas e documentadas naquele mesmo dia, o que foi uma alegria e tanto, pois a expedição rendeu muito. Deixo aqui já explícito, um enorme agradecimento ao arquiteto, fotógrafo, poeta e também expedicionário ferroviário Glaucio Henrique Chaves, que gentilmente me enviou as marcações de todas as estações do trecho, o que me poupou um enorme tempo e otimizou demais a expedição. O Glaucio já havia visitado os locais e me alertou do que iria encontrar, mas mesmo assim, segui viagem rumo a Goiás, um estado até então desconhecido para mim. Bem, em Bonfinópolis encontrei uma estaçãozinha construída na década de 1950, com dísticos ainda mantidos, plataforma, desvios, cobertura caindo aos pedaços, placas de quilometragem e altitude, conforme mostradas no mini-filme e, também um auto de linha (fabricado nas oficinas de Araguari, como me garantiu o Glaucio), que estava estacionado ali, provavelmente o mesmo que inspeciona o trecho, já tão judiado. A cidadezinha é pequena e está bem próxima da capital Goiânia. Andei por lá, mas não encontrei nenhuma pessoa a qual pudesse conseguir maiores informações. O prédio está aberto, abandonado e agoniza esperando o seu fim. Abaixo, um trecho informativo sobre o local, extraído da prefeitura da cidade:

“O nome Bonfinópolis foi dado por Dom Emanuel, então arcebispo da região. Uma referência a Senhor do Bonfim. Como os demais municípios da região da Estrada de Ferro, Bonfinópolis experimentou um momento de crescimento quando os trilhos chegaram, trazendo moradores de outras regiões e incrementando o comércio. Até setembro de 1948, o povoado de “36” pertencia ao município de Silvânia e também a Leopoldo de Bulhões. Neste mesmo ano, Leopoldo de Bulhões conseguiu sua emancipação e “36” ou Bonfinópolis desmembrou-se de Silvânia e virou distrito de Leopoldo de Bulhões.Para chegar à condição de município, Bonfinópolis teve de se submeter às urnas. Sua autonomia foi conquistada por meio de um plebiscito realizado em 1987. A instalação do município aconteceu somente em 1º de junho de 1989.”

PANORÂMICAS DA ESTAÇÃO:
Com o compromisso de oferecer o máximo de detalhes que puder colher em cada local visitado, agora disponibilizo também imagens panorâmicas, para que tenham a sensação não só da estação, como também do seu entorno, espero que curtam.

PANORAMICA_01

Olhem este lugar!

PANORAMICA_02

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER BONFINOPOLIS

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.