Posts encontrados com a Tag: "FIGUEIRA DO ARANTES"

ARANTES

DATA DA EXPEDIÇÃO: 25.08.2012
DESTINO: Estação Arantes
LOCALIZAÇÃO: Município Cravinhos – SP
COORDENADAS: 21°14’41.13″S 47°42’50.08″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1910
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Demolido
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Claudinéia de Marchi

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Encontrar a estação Arantes era um desejo antigo. Por estar tão perto de casa, por ter uma história tão discreta, por ter feito parte de um pedaço tão rico da história cafeeira da região, enfim, motivos é que não faltaram para que eu fosse atrás dela. Neste dia, eu e a Néia, minha mulher, passeávamos sem destino, pelas trilhas dos arredores de Ribeirão Preto, como fazemos normalmente nos finais de semana e então, pensei: Por que não tentarmos localizar a estaçãozinha “Do Arantes” (é assim que a tratam nos arredores). Então lá fomos nós… Depois de algumas tentativas e erros, entrar e sair de fazendas e plantações, encontramos um senhor que nos deu algumas informações (preciosas por sinal), e que nos levaram até o local exato aonde, um dia existiu a estação. “Lá, você só vai encontrar a figueira e um amontoado de entulhos, pois a casinha da estação, foi derrubada já faz tempo” – disse o senhor, o qual infelizmente não me recordo o nome. Dito e feito. Apenas a base de concreto e alguns tijolos ainda resistem por lá, demarcando exatamente o local. Fora isso, nada mais remonta a existência do ponto final do sub-ramal de Jandaia. Arantes ficava no quilômetro 15,5 e o seu nome era uma referência ao proprietário das terras aonde ela estava localizada, o Sr. Manuel Arantes Nogueira. O ramal de Cravinhos e o sub-ramal de Jandaia foram desativados em 1956 e a última foto da estação ainda em pé (pelo menos que eu tenha visto) data do ano de Jan/2000. Tanto o ramal de Cravinhos quanto o sub-ramal de Jandaia operavam com bitolinha de 60cm, e sua principal função era o escoamento do café produzido nas fazendas da região de Cravinhos e Ribeirão Preto. Foi bem legal ter podido ver com os meus próprios olhos um pouco mais da riquíssima história ferroviária regional, do jeito que mais gosto… “in loco”.

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ARANTES

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.