Posts encontrados com a Tag: "CREMALHEIRA"

PIAÇAGÜERA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 12.02.2012
DESTINO: Estação Piaçagüera
LOCALIZAÇÃO: Município Cubatão – SP
COORDENADAS: 23°51’4.66″S 46°22’25.99″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, em uso
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1902
CONSTRUÇÃO: São Paulo Railway
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, operacional, bem conservado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Claudinéia de Marchi

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Deixamos Praia Grande num dia de tempo feio e chuvoso, para conhecer as estações de Raiz da Serra, Perequê e Piaçagüera. Esta última é hoje um pátio de manobras com um pequeno prédio de monitoramento e controle da concessionária atual. Fica cercada e vigiada, por isso o acesso não é tão fácil, mas, com a já tão praticada “habilidade social”, conseguimos acessá-la para compartilhar com vocês as informações (vide galeria e mini-filme) que obtivemos. Pragmática, Piaçagüera serve hoje apenas como uma espécie de corredor ferroviário para o porto de Santos, e ali pude ver de fato, um movimento intenso. O prédio atual é relativamente recente, tendo sido construído alguns metros antes da velha estação (sentido da Serra do Mar), que hoje já não existe mais. Piaçagüera nada tem a ver com as imagens românticas que vemos das décadas de 40, 50 ou até 60, fica hoje no meio de indústrias e de um emaranhado viário que confunde quem quer chegar até ela, nós não só conseguimos desatar estes nós, como também seguimos de lá até Raiz da Serra, um pouco à frente, morro acima, que foi bastante desafiadora e gratificante.

FOTOS DO LOCAL:


MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

RAIZ DA SERRA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 12.02.2012
DESTINO: Estação Raiz da Serra
LOCALIZAÇÃO: Município Cubatão – SP
COORDENADAS:  23°49’36.86″S 46°21’40.95″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, em uso
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1867
CONSTRUÇÃO: São Paulo Railway
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, porém fechado e abandonado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Claudinéia de Marchi

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Era um dia cinza, chuvoso, daqueles feios mesmo, ou seja, nada de praia. Então fomos atrás de algumas estações ali pela baixada santista, serra do mar e adjacências. A Néia, companheira como sempre, foi comigo até Raiz da Serra, um lugar triste, afastado e com um tráfego intenso por causa da proximidade com o porto de Santos. Primeiro chegamos a Piaçagüera, depois de lá, seguimos para Raiz da Serra guiados por dois funcionários da concessionária que prestavam serviços no local, e graças a eles conseguimos nnao só chegar até lá, como entrar na área e ir até o antigo prédio, que fica nos fundos de um depósito de locomotivas, bem ao lado da cremalheira. Andamos por lá sempre acompanhados pelo segurança, que foi bastante gentil e prestativo, apesar de um pouco desconfiado no início. Vimos o estado atual do prédio, que por dentro é deplorável, e todo seu entorno, sempre aguardando a subida ou descida de algum trem, o que não ocorreu naquele momento para o nosso azar. O prédio está abandonado, com o telhado quebrado, sem dísticos e sem função alguma. O curioso é que está pintado de vermelho vivo por fora e no frontão, a data de 1891 está em em azul e amarelo, “coincidentemente” as cores da concessionária. Esta combinação cromática se destaca muito diante o verde da serra do mar e o cinza da poluição, que não sei se é bom ou ruim… feio não ficou não. Bem, conhecemos o depósito/oficina das locomotivas Hitachi da cremalheira, andamos pela ampla plataforma, colhemos imagens e seguimos viagem. Naquele dia escuro e chuvoso, Raiz da Serra foi a nossa diversão, e eu recomendo.

FOTOS DO LOCAL:


MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

ILUSTRAÇÃO DO LOCAL:
Tendo como base as imagens reais de cada local colhidas pelo Projeto Estações Brasileiras, eu desenvolvo uma ilustração que retrate emocionalmente o espírito de cada estação/parada, ou mesmo do seu entorno, no caso de já não existirem mais. A intenção é que sirva de estímulo para a interpretação crítica de cada um, seja de forma positiva, negativa, carregada de saudosismo, ou mesmo de forma contemplativa apenas. Espero que curtam.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.