Posts encontrados com a Tag: "BIAGÍPOLIS"

ESTAÇÃO 28

DATA DA EXPEDIÇÃO: 29.09.2012
DESTINO: Estação 28
LOCALIZAÇÃO: Município Ribeirão Preto – SP
COORDENADAS: 21°10’33.65″S 47°41’52.24″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim (ainda em uso)
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1963
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro São Paulo e Minas
STATUS DO PRÉDIO: Demolido, apenas a plataforma ainda existe
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Claudinéia de Marchi

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Estação 28, mas pode me chamar de Quilômetro 3… Foi bem isso que percebi quando cheguei ao local da antiga estação da E.F.S.P.M. em Ribeirão Preto. Hoje, encontra-se localizada atrás de vários condomínios na zona leste da cidade, está dentro de uma fazenda e acessá-la não foi, digamos, confortável. Eu e a Néia estávamos indo ao Shopping quando decidi alongar um pouco o caminho e passar pelas redondezas da Estação 28, e a partir daí, a mudança de destino foi automática. Depois de alguns caminhos frustrados, conseguimos chegar até ela por um trajeto bem mais longo, mas que deu certo e resolveu a questão. A Estação 28, com o fechamento do trecho entre Bento Quirino e Ipaúna (Serrinha), passou a se chamar Quilômetro 3, pois a contagem passou a ser realizada a partir de Evangelina, daí a razão do conflito de nomes. Hoje o local está há poucos metros da linha tronco que segue rumo a Cravinhos, num trecho onde só circulam trens vindos de Biagípolis, carregados de açúcar e álcool. Estação 28 é apenas uma plataforma (até que grande), no meio do mato, sem paredes, sem armazém, sem caixa-d’água, sem desvios, enfim, sem nada. Uma cerca de arame farpado percorre toda a lateral da linha naquele local, e para entrar lá, a Néia teve que esticar o arame e eu tive que passar pelo vão… Programão para quem ia pro Shopping nénão? Brincadeiras a parte, foi mais uma estação catalogada que valeu muito a pena, e de lá enfim, fomos para o Shopping…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ESTAÇÃO 28

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

BIAGÍPOLIS

DATA DA EXPEDIÇÃO: 22.10.2011
DESTINO: Estação Biagípolis
LOCALIZAÇÃO: Município Serrana – SP
COORDENADAS:  21°11’34.49″S 47°37’18.94″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim (em uso)
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1928
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro São Paulo e Minas
STATUS DO PRÉDIO: Fechado, ainda em pé dentro de uma usina
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Jorge Luís Caleffi

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Visitar Biagípolis foi uma epopéia, eu e o Caleffi tínhamos que retratar a pequena estação dentro daquela enorme usina, e para isso, muita habilidade social foi necessária. Vencida esta etapa, tentamos captar imagens que pudessem mostrar o pequeno e antigo prédio de forma justa, atual e claro, real. Contar não é igual, estar lá foi fundamental, a modernidade dos processos industriais atuais convivendo lado-a-lado com aquele prediozinho antigo é de prender a atenção. A estação já está bastante desfigurada pelo que pudemos notar, mas o simples fato de estar ainda em pé, é algo a se louvar. Trens ainda circulam por ali para carregamentos da usina, e pelo que vi, é só. É um lugar bonito, acesso fácil (até a portaria da usina), estrada asfaltada e um universo inusitado a se observar, marca bem aquela fumaça branca saindo pelas chaminés da usina, tendo enormes canaviais como plano de fundo. Biagípolis valeu a pena e dela seguimos para Capeva…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

ILUSTRAÇÃO DO LOCAL:
Tendo como base as imagens reais de cada local colhidas pelo Projeto Estações Brasileiras, eu desenvolvo uma ilustração que retrate emocionalmente o espírito de cada estação/parada, ou mesmo do seu entorno, no caso de já não existirem mais. A intenção é que sirva de estímulo para a interpretação crítica de cada um, seja de forma positiva, negativa, carregada de saudosismo, ou mesmo de forma contemplativa apenas. Espero que curtam.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.