Posts encontrados com a Tag: "AMPF"

ANHUMAS NOVA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 10.02.2012
DESTINO: Estação Anhumas Nova
LOCALIZAÇÃO: Município Campinas – SP
COORDENADAS: 22°51’31.32″S 47° 1’47.10″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, em pleno uso pela ABPF
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1926
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, e muito bem conservado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Esta foi sem dúvida, uma das mais importantes expedições que eu realizei nestes quase 3 anos de Projeto. Tanto pelo número de estações visitadas (23 no total), quanto pela importância das mesmas. Ter estado em Anhumas Nova e poder ter sentido na pele aquele “clima ferroviário” foi uma sensação indescritível. Provavelmente por ter ido sozinho, numa jornada um tanto introspectiva, as experiências vividas possam ter ganhado mais relevância e densidade, mas independente disso, o que vocês verão aqui, fala por si só. Anhumas Nova está localizada a uns 300 metros da estação Anhumas Original (infelizmente quando lá estive, não sabia disso e acabei documentando apenas a nova), e fica bem próxima da Rodovia Dom Pedro, praticamente atrás do Carrefour em Campinas. Como sede da A.B.P.F. (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), o local está muito bem conservado, com tudo no lugar, dísticos, plataforma, prédio, hall de entrada, placas, composições antigas, locomotivas à vapor, enfim, é uma locar que merece ser visto, visitado e explorado ao máximo, pois oferece ótimas vivências, tanto para quem viveu este universo, quanto para quem não teve esta oportunidade. Andei por lá, vi cada detalhe, tive que ser breve, pois o tempo era curto e as informações vastas, mas acredito ter conseguido trazer bons conteúdos. O nome Anhumas é derivado de um riacho próximo e também de um tipo de ave que habitava o local. A estação oferece um passeio turístico que segue até Jaguariúna, e que espero poder fazer um dia. Fica a dica de um lugar interessantíssimo e que você deve incluir no seu roteiro, quando estiver por aquela região. De lá, segui para Viracopos, uma triste realidade perto dessa, o que já é outra história…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ANHUMAS NOVA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

ENGENHEIRO ROSA MARTINS

DATA DA EXPEDIÇÃO: 19.06.2012
DESTINO: Estação Engenheiro Rosa Martins
LOCALIZAÇÃO: Município Araraquara – SP
COORDENADAS: 21°42’31.15″S 48°12’13.03″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1927
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro Araraquara
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, cercado e servindo de moradia
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Vinicius Costa e José Antonio Thomaz

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
A estação Engenheiro Rosa Martins está dentro de uma propriedade particular e tivemos que colher as imagens, apenas de onde conseguíamos vê-la e, claro, por trás do alto muro que a cerca. Está localizada num bairro chamado Recanto do Nobres, próximo da Chácara Flora de Araraquara, bem no caminho entre a cidade e o distrito de Bueno de Andrada. Encontrá-la foi difícil, pois não havia referência na internet acerca de sua localização, e como ela está atualmente fora do leito, a gente teve que garimpar maiores informações lá mesmo no local. Numa chácara logo a frente da estação, obtivemos a informação que precisávamos, então voltamos até o local e a encontramos por trás não só do fatídico muro, mas de altas árvores e arbustos também. Ela fazia parte do tronco da Cia. Paulista, mas hoje está há uns 150 metros do leito, e deve ter ficado fora, por causa de alguma retificação (eu acho). De longe, vimos a plataforma onde possivelmente o caseiro lavava o seu carro tranquilamente. Tentamos chamá-lo e pedir autorização para vermos tanto o prédio da estação, quanto os da vilinha ferroviária ao seu lado de perto, mas não fomos atendidos. Olhamos ao redor (pelo menos por onde deu) e nada de caixa-d’água, dísticos, trilhos ou qualquer sinal claro de atividade férrea. Sendo assim, documentamos o que foi possível e seguimos para Bueno de Andrada para comermos as suas fabulosas coxinhas e tomarmos uma bela cerveja geladíssima…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ENGENHEIRO ROSA MARTINS

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.