21/07/12

SILVÂNIA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 27.12.2011
DESTINO: Estação Silvânia
LOCALIZAÇÃO: Município Matão – SP
COORDENADAS:  21°38’23.09″S 48°17’52.26″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim (em uso)
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1901
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro Araraquara
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, cercada e servindo de moradia
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Daniel Franc e Vinicius Costa

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Silvânia como algumas outras estações, caiu no nosso colo de forma inesperada. Estávamos voltando de Bueno de Andrada para Ribeirão Preto, quando ao passarmos pelo vilarejo, resolvemos entrar para dar uma olhada. E não é que saímos bem em frente a antiga estação? Com uma caixa-d’água imponente (realmente chama bastante a atenção), em formato arredondado, a estação hoje já desativada, ainda mantém sua longa plataforma, algumas placas de sinalização também resistem por lá, e as casinhas da vila ferroviária ao seu redor dão todo um charme ao local. Os moradores ficaram surpresos e bastante desconfiados com a nossa presença, mas nada que um bom bate papo não resolvesse. De Silvânia, trouxemos histórias e memórias, e lá deixamos nosso compromisso de seriedade com este trabalho. De lá ainda passamos por Matão, uma agonia que trataremos em outro post…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

5Comentários

  1. 18/08/13 às 2:33
    marcos antonio silva.:

    ano da construção 1901muitas coisas mudarão neste pais o que não mudou foi o descaso como podemos ver ao longo dessa reportagens sobre nossas ferrovias principalmente o abandono de tantas estação ao longo de tantas cidade do interior como estámos vendo.nestá mais uma vez a estação virou morádia pena que está sem conservação ao longo de muitos anos olhando para cada detalhes nestá construção podemo ver que a plataforma ainda resiste com o passar do tempo a caixa -d água ainda resisti sem nenhuma manutenção a cobertura da plataforma na sua lateras já apresenta desgaste pelo tempo.é mais o vilarejó que compõe esté cenário tipico destá região tudo ali mostra como está nós tempos de hojé sem qualquer manutenção. o que leva mais uma vez a esté descaso com o passado de tantas alegrias.hojé restá saudades.abs

  2. 18/08/13 às 2:41
    marcos antonio silva.:

    mais uma visitá nestá estação esqueci o principal detalhes esté senhor aqui vemos sentado ao lado destá que já foi um grande pontecial de transporte nestá região sobre esté trilho é mais olhar triste quem viveu muitas alegrias no passado .quando o principal meio de transporte erá ainda pela ferrovia.abs.

  3. 17/12/13 às 17:33
    Edimir Neves:

    Morei nesta estação até meus 10 anos de idade. Hoje moro em Pirassununga e minha família em Araraquara. Sempre vou a Silvânia, especialmente na estação, que é um lugar mágico em minha mente. Parabéns por este trabalho de mostrar estes locais encantadores.

  4. 30/12/13 às 23:18
    andre:

    e saudade de matao ,gostei do escriptorio com p ,marcelo é a primeira caixa dagua redonda de estaçoes que eu vejo e uma das mais lindas ,fiquei encantado com esse lugar lindo e até conservado

  5. 06/03/16 às 22:45
    marcos antonio silva:

    mais um comentario neste tema o que foi de verdade as nossas estrada de ferro por qual razão de tudo isso ficar abandonado desta forma que vemos em varios documentario neste tema estaçõesbrasileiras o sonho se foi para muitos abs marcelo continui com esta luta que so voce pode propocionar para nos que estamos do outro lado

Deixe seu Comentário