29/11/11

SANTA ROSA DE VITERBO

DATA DA EXPEDIÇÃO: 24.09.2011
DESTINO: Estação Santa Rosa de Viterbo
LOCALIZAÇÃO: Município Santa Rosa de Viterbo – SP
COORDENADAS: 21°29’4.11″S 47°21’36.14″W
TRILHOS NO LOCAL: Não (apenas um trecho decorativo em frente do prédio)
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1910
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, atualmente sendo utilizado como escola de música
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e João Julio Oliveira

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Chegamos em Santa Rosa de Viterbo já bastante cansados, vindos de Bento Quirino, São Simão (velha e nova), Cerrado, Santos Dumont (velha e nova), e encontramos uma bela estação, bem conservada (afinal lá é um “conservatório”, rerere… OK, me desculpem pela piada, mas não resisti), e ainda servindo à população. O acesso até lá foi tranquilo, pois o prédio fica dentro da cidade, seu estado de conservação é muito bom e as características originais também foram respeitadas. Até um pequeno trecho de linha foi feito em frente da estação, lembrando os idos tempos em que o trem passava por lá. Abaixo as imagens e acima o mini-filme complementam este relato. De lá, fomos tomar uma cerveja num depósito de bebidas da cidade, porque não encontramos nenhum restaurante aberto, mas valeu a pena, de tão gelada a cerveja quebrou o copo americano ao meio de forma milimetricamente simétrica. Imagino ter sido sinal de boa sorte, rerere…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

6Comentários

  1. 27/06/12 às 23:02
    Mateus Volpe:

    Mateus,

    Estava navegando em site sobres estações ferroviárias, e encontrei a cidade da Natália e lembrei-me de voces.
    Hoje tem CURINGÃO na libertadores, desta vez vai, vamos torcer.

    um abraço

    tio Marcus

  2. 27/10/12 às 2:27
    andre:

    vale a pena conhecer a ponte de ferro na estrada que liga sta rosa á cajuru construída 1912 e que é usada ate hoje como principal acesso entre as duas cidades.

  3. 27/10/12 às 10:49
    marcelo:

    Oi André, já estivemos nessa ponte, realmente é bem legal. Ela fica próxima da estação Corredeira e ao lado de um também muito linda usina hidrelétrica, no rio pardo. Valeu pela dica e pelos acessos. Você é parente do Renato e Rogério Bonavina, aqui de Ribeirão Preto?

  4. 02/07/13 às 19:20
    Carlos Alberto Lopes:

    Meu nome carlos ,estou muito contente rever a estação que meu pai trabalhou e moramaos
    eu tinha 7 anos de idade, quando meu pai foi transferido p/ cidade de Sta Rosa de Viterbo como chefe da estação, guardo muitas lembraças boas da minha infancia que passei la, hoje estou com 45 anos.Obrigado por rever estas fotos, abraço Marcelo e João Julio

  5. 02/07/13 às 19:24
    marcelo:

    Valeu Carlos, estamos aqui para isso. Resgatar memórias e proporcionar outras tantas.

  6. 19/08/13 às 6:44
    marcos antonio silva.:

    ano da construção 1910 já sé passou quase 103 anos desté sua inauguração. com toda reforma que foi feita ao longo desses ano de sua existencia nada mais justo uma prefeitura arca com esse compromisso em cima desté patrimonio que levou tantas alegrias para quem viveu naquelá epóca quantas pessoas transitarão por várias regiões desse imenso interior graças a essa ferrovia. que hojé está repousando em paz.diante destá bela estação totalmente reformadas com sua caracteristicas que podemos ver nesse documéntários sobre nossas ferrovias parabens pela inisiativa destá prefeitura de conserva esté patrimonio mesmo não sendo utilizado mais para transporte de cargas nestá região.sobre esté trilho que foram retirados ao longo desse tempo. o que restou está como decoração em frente a antiga estação.abs.

Deixe seu Comentário