05/08/12

SANATÓRIOS

DATA DA EXPEDIÇÃO: 18.01.2012
DESTINO: Estação Sanatórios (Parada)
LOCALIZAÇÃO: Município Campos do Jordão – SP
COORDENADAS: 22°45’03″S 45°36’26″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1944
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro Campos do Jordão
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, porém um pouco depredado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Claudinéia de Marchi

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Sanatórios, Divina Providência ou Sanatorinhos, enfim, como queiram chamar a antiga parada, é um lugar peculiar, pois de um lado da linha vemos a entrada da cidade de Campos do Jordão, que é uma vista bonita em bem cuidada. Já do lado oposto, existem alguns terrenos abandonados, com muros pichados e bem feios, dando aquela impressão de abandono, típica da maioria das estações brasileiras. A Parada Sanatórios é hoje uma construção exótica (pelo menos ao meu ver), pois lembra uma grande sandália Havaiana vermelha, de cabeça para baixo, em cima de um morro, cercada de arbustos ao seu redor, é realmente bastante diferente das outras paradas, e eu mesmo quando a vi, dei algumas gargalhadas. Pintá-la na cor vermelha foi uma crueldade, só realçou sua arquitetura “diferenciada” o que não sei se foi uma boa idéia. Enfim, caminhar por lá, foi interessante, mas o ponto negativo ficou por conta das pichações, das garrafas quebradas pelo chão e do abandono… Sanatórios hoje é isso.

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

1Comentários

  1. 06/09/13 às 0:47
    marcos antonio silva.:

    ano de sua construção 1944 muita coisa mudou nesse pais.deste a sua inauguração o que podemos ver nessa reportagens que ainda os trilhos estão bem conservados.juntamente com a pequena estção no seu trajeto como ponto turistico dessa região.como seria bom se todas aquelas ferrovias que foram desátivadas ao longos dos anos.voltase a ser reativada.exemplo naquelas regiões aonde ainda exista os trilhos para que possa ser reativadas por algum transporte sejá de cargas ou passageiros como ponto turistico. o que podemos ver que quase sempre é relacionados a descasos. sobre a malha ferroviaria que tanto foi mótivo de orgulho no passado o presente não existé para quem ama o significado da palavra ferrovia.a todos que um dia se dedicou nessas construção que estão praticamente abandonada ou que não existá mais o que restou foi apenas sonhos de um passado glorioso que não volta mais.abs marcelo continui com esté projeto que hojé estamos vendo graças ao seu trabalho é dedicação nesse segmento chamado ferrovias.abs

Deixe seu Comentário