22/12/13

MORAES SALES

DATA DA EXPEDIÇÃO: 05.01.2013
DESTINO: Estação Moraes Sales
LOCALIZAÇÃO: Município Tapiratiba – SP
COORDENADAS: 21°25’03″S 46°45’23″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1903
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, fechado, cercado e servindo como depósito
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Pedro Gandra de Carvalho

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
A estação pode ser vista de longe, da pista que liga o distrito de Igaraí a Tapiratiba, está dentro de uma fazenda chamada São José, praticamente ao lado da pista do seu aeroporto particular. Para chegarmos até ela tivemos que pedir autorização, que nos foi prontamente concedida e pudemos documentar o velho prédio da Cia. Mogiana. Situada entre Júlio Tavares e Itaiquara, Moraes Sales serve como moradia, estava fechada e cercada por bambus ressecados. É um prédio de tijolos aparentes, com um telhado duas-águas, com plataforma, dístico legível, porém não pudemos verificar se ainda tinha lousa ou placa de quilometragem por lá, mas acredito que não. A caixa-d’água está pouco a frente, ainda lá, mas ao que parece, sem função. No fundo da estacão, existe um prédio grande, uma espécie de galpão antigo, que provavelmente era um depósito ou algo parecido. Andamos por lá, mas não encontramos ninguém naquele dia que nos desse maiores informações, então seguimos para Itaiquara, o que já é uma outra história…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER MORAES SALES

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

6Comentários

  1. 23/12/13 às 0:20
    marcos antonio silva.:

    aqui vejó construção abandonadas sem seu principal segmento que se chama ferrovia tudo foi retirado por completo. sua vida util acabou. o sonho de muito também que por aqui passou se acabou.nesse estádo tão rico está é situção de nossas ferrovias. abandonadas sucateadas.porque o progresso chegou . é a nossa malha ferroviaria acabou.em transportá a riqueza dessas regiões.que viu o sonho chegar através desse segmento ( ferrovia) abs marcelo de marcos silva.

  2. 24/12/13 às 1:15
    andre luis pereira:

    que tanto de cachorro latindo

  3. 31/12/13 às 3:21
    marcos antonio silva.:

    olá marcelo há poucas horas do termino de 2013.esté comentário nesse exato momento se refere-se a 2 estações que para mim em toda sua postagens sobre nossas ferrovia. o grande descaso maior foi com a estação macuco ano de sua construção 1903. está estação ném se quer existé mais. mais o principal que se chama ferrovia está sem nenhuma utilização. são centenas de quilometros de trilhos no meio do nada.para onde vai. será que ainda existé a tão sonhada ferrovias nós dias de hojé. outra marcelo é a estação passagem ano de sua construção 1903 o que houve para sua total paralização nesse segmento chamado ferrovia.são centenas de kilometro de ferrovia largada a própria sórté. em sua voltá existé galpões vilárejos totalmente no esquecimento de nossas autoridade a velha estação ainda resisté com o passar dos anos essa 2 estações são o verdadeiro descaso maior para mim nesté ano que termina estação macuco é estação passagem como está nós dias de hojé será que ainda existé a tão sonhada ferrovia. ou então já foi retirada por completo aqui se muito se gastou pouco foi investido para salvar todas elas que aqui um dia passou sonhos é esperança é hojé tudo nessa condiões a tão sonhada ferrovia. ela ainda existé mais pouco foi feito para salvar essa ou as outras. abs marcelo fica com deus..de marcos silva.

  4. 21/01/14 às 23:18
    marcos antonio silva.:

    por onde se ouviu o apito das velhas locomotivas em seus caminhos levando o progresso de diversas regiões hojé com suas desátivações o que se ouve são apenas os cantos dos passaros. aonde existia a tão sonhada ferrovia.é também o movimento de vidas que circulavam nessas estações é ferrovias que hojé também não se ouve mais devido a não mais sua existençia.nesses lugares. lugares esses que foram esquecido completamente por nossas autoridades.o progresso trouxe esperança a tantas pessoas que dependiam desse meio de transporté que hojé não restaram mais nada para elas.apenas a imigração para outros lugares para sua sobrevivençia é de seus familiares.esse é o retrato de nossas ferrovias hojé nesse pais chamado brasil.o sonhos de muitos já se acabou com suas desátivações por onde se passava esse meio de transporté chamado ferrovias.vidas que ficaram esquecidas sonhos que não voltá mais é tristé mais é a realidade nesse setor de tantos descasos. abs marcelo de marcos silva.

  5. 11/03/14 às 3:38
    marcos antonio silva.:

    alguém tem ideia como seria se metade dessas ferrovias ainda estivese fucionando mesmo com o progresso em sua voltá. mesmo com o passar dos anos que pouco foi feito para sobrevivençia de muitas dessas ferrovias que tanto trilhou por caminho dificultoso mesmo sem muita tecnologia naquela epóca.os anos foram passando é tudo foi ficando esquecido por completo em cada região por onde se criou a tão sonhada ferrovias.que levou esperança sonho progresso ´mais a riqueza desse imenso brasil.que não se tem mais uma vez o respeito. com esse velho patrimonio construção que foram construidas com tanto requinte em cada detalhes tudo erá simples mais bém indentificado no tempo que todos andavam bém alinhado. a esperá desse meio de transporté que para muito erá a esperança de tempos de prosperidade para ambas as partes.mais aqui no brasil com a construção de belas rodovia com o passar dos anos. a tão sonhada ferrovias ficou esquecida é abandonada.preferiu da prioridade a esse meio de transporté que tanto se ganhar em pedágios em seus percurso longos é muitas delas sem nenhuma proteção por onde passar.exemplo maior rodovias se tem pedágios em todo seu trajeto por onde os caminhão travega. ferrovias não se tem essa forma de cobrança em seu trajeto mesmo curto é longo ai é a questão de não se investir nesse meio de transporté chamado ferrovias.prefere-se abandonar é desátivar grande trajeto de trilhos que foi criado não muito distante com tanto esforço é dedicação pelo nossos bravos ferroviarios. do que reativar algumas delas existi tantas estações juntamente com nossas ferrovias que foram abandonada sem nenhuma explicações para que trabalhava é para quem usava esse meio de transporté esse é o retrato de nossas ferrovias hojé esquecidas é abandonadas em várias regiões.existi ainda em nosso estado de são paulo tantas estações é ferrovias que poderia ser aproveitadas para outro tipo de atividades.como turismo por várias regiões de nosso interior. mais infelismente prefere-se deixar no estado que está hojé do que reforma boa parte delas é reativar para esse segmento que foi citado.mais eles que mandam nesse pais é nesse meio de transporté de tantos abandonos em cada região aonde existiu essa maravilhá. chamada ferrovias estrada de ferro.abs marcelo fica com deus de marcos silva.

  6. 17/06/14 às 4:02
    marcos antonio silva:

    estação Moraes sales de seu passado tudo mudou com sua desativação sua vidas de ida e vindas ficaram apenas no passado nesta região que perdeu o seu principal papel sobre trilhos essa e mais uma que foi desativada sem explicações hoje o seu principal teor e como um deposito sem vidas sem esperanças que ficou na sua historia em quanto durou seus trilhos por esta região que ficou esquecida e abandonadas como muitas outras nesse segmento chamado ferrovias sonhos ou descasos pelo poder publico abraço marcelo

Deixe seu Comentário