29/05/12

MANDIÚ

DATA DA EXPEDIÇÃO: 04.02.2012
DESTINO: Estação Mandiú
LOCALIZAÇÃO: Município Restinga – SP
COORDENADAS: 20°39’19.57″S 47°31’53.17″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1901
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, fechado e relativamente conservado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Vinicius Costa, Pedro Gandra de Carvalho, Fábio F. Rivaben e Fernando F. Rivaben

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Como falar de Mandiú, com um acervo fotográfico tão rico, como este logo abaixo? Num dia lindo, eu e meus parceiros de expedição encontramos pelo caminho esta estação, linda, antiga, ali vencendo o tempo da forma que consegue, enfim, um prato cheio para os nossos interesses históricos, ferroviários, estéticos, afinal quem vai negar a beleza destas paisagens? Saímos de Restinga dispostos a encontrar Mandiú, achávamos que seria uma tarefa difícil, mas não, margeando a antiga estrada de terra que liga Restinga a Batatais, logo a encontramos do nosso lado direito. Daí em diante, nos valemos mais uma vez das nossas habilidades sociais, pois tivemos que pedir autorização ao proprietário da fazenda ao lado para entrarmos em Mandiú e capturarmos estas jóías expostas logo abaixo. Tudo está aí, plataforma, caixa-d’água, dísticos, lousas, locais das placas de quilometragem e altitude e uma boa dose do entorno, para que percebam, o que estou tentando dizer aqui, só com palavras…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

ILUSTRAÇÃO DO LOCAL:
Tendo como base as imagens reais de cada local colhidas pelo Projeto Estações Brasileiras, eu desenvolvo uma ilustração que retrate emocionalmente o espírito de cada estação/parada, ou mesmo do seu entorno, no caso de já não existirem mais. A intenção é que sirva de estímulo para a interpretação crítica de cada um, seja de forma positiva, negativa, carregada de saudosismo, ou mesmo de forma contemplativa apenas. Espero que curtam.

POSTERS VINTAGE:
São ilustrações com base fotográfica, que faço sobre algumas estações que representaram algo para mim. Também tenho feito sob encomenda para pessoas que querem presentear alguém ou mesmo simplesmente tê-las para recordação de algum momento marcante, ou apenas como decoração. Todo o valor obtido com a venda destas telas, é revertido integralmente para custear novas expedições do Projeto. Nada é destinado a mim ou ao meu sustento, para isso: eu trabalho.
COLLECTION_06

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

9Comentários

  1. 07/07/12 às 2:00
    Leo Figueiredo:

    Oi galera, o ano passado fiz uma grande expedição pelas estações da extinta Mogiana no territorio paulista pelo ramal de Igarapava e Linha do Rio Grande. Mandiu esta nesta ultima linha, e depois dela sentido Ribeirão Preto temos a estação Boa Sorte, que vale muita a pena. Na saga passei por 29 estações, 10 cidade, 4 dias , mais ou menos 900 km, e agora vem aos poucos contando no meu blog essas expediçao… muito legal o de voces, e quando der passa lá… Parabens pela iniciativa!!

  2. 26/07/12 às 22:01
    josé luiz:

    que recordaçao linda!!!!morei perto de mandihu,quantas saudades,vou voltar lá em breve.
    continuem com este projeto que é sensacional,abraços…

  3. 26/07/12 às 22:09
    renan:

    d+ que saudades!!!!!!!!!

  4. 27/08/12 às 0:21
    Cris:

    Fui criada dentro do Sitio Mandiu que foi do meu tio, pai de minha madrinha Loudes, ver essas fotos me remeteu ao passado, fui muito feliz neste lugar abençoado…

  5. 09/09/12 às 22:27
    marcelo:

    Sinto-me honrado em poder gerar este tipo de sentimento, resgatar memórias é uma das principais funções deste Projeto. Obrigado pelo retorno galera!

  6. 12/12/12 às 21:50
    Carmen Cecilia Cotic:

    Boa noite!
    Eu nasci em Mandihu, adorei ver o filme e as fotos. Foi emocionante!
    Será que nossas famílias se conhecem?
    Fico pensando que para vocês terem feito este site é por serem da região, ou ao menos os antepassados de vocês.
    Seria possível conversarmos?
    Poderíamos manter contato??
    Escreva-me no e-mail acima!!
    Grata!
    Att.:
    Carmen

  7. 18/08/13 às 3:45
    marcos antonio silva.:

    antes de falar qualquer coisa destá estação.porque de tantas construções se já pensava em desativar ao longo dos anos para que deixar nesse total abandono no meio de uma fazenda cercada de palmeiras e muitas vegetação em sua volta quanto tempo levou para ser construida com tanto riquinte de detalhes cada tijolo sobre outro a sua plataforma bém larga com suas placas de altitude e quilometragem. pena que tudo isso está adormecido por tantos anos entra dia entra noite sobre está que um dia teve detro dela saida e chegada de passageiros não importando o tempo lá fora. hojé o tempo parou para está estação. bom sonhos para quem viveu nestá epóca não muito distante.abs marcelo.

  8. 09/04/14 às 17:13
    andre:

    sao duas caixas dagua ,linda esta estaçao

  9. 29/06/16 às 11:39
    Daniely Lopes:

    Estamos cotando a história de nosso Município …

Deixe seu Comentário