26/03/13

JAPI

DATA DA EXPEDIÇÃO: 05.01.2013
DESTINO: Estação Japi
LOCALIZAÇÃO: Município Guaxupé – MG
COORDENADAS: 21°16’56.90″S 46°41’24.18″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1916
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, cercado e servindo de moradia
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Marcelo Freitas

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Japi fica bem próxima de Guaxupé, na estrada que vem de Biguatinga, atualmente asfaltada. Está cercada, mas é perfeitamente visível das margens da estrada, de onde conseguimos todas as imagens. É um prédio nos padrões da antiga Mogiana, com um armazém amarelo de um lado, uma casa de turma do outro e uma palmeira na frente. O dístico de um dos lados ainda está legível (Japy). Não tive acesso ao interior do prédio, nem a plataforma, portanto não pude ver se as lousas ou placas de quilometragem ainda resistiam por lá, também não vi caixa-d’água por perto. Japi não possui mais trilhos há anos e hoje serve de depósito, com uma família morando na casa de turma logo à frente. O tal depósito amarelo está abandonado, mas é ainda uma construção vistosa. De lá, voltamos para Guaxupé…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER JAPI

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

1Comentários

  1. 03/08/13 às 4:25
    marcos antonio silva.:

    ola marcelo que madrugada de sabado eu estou trabalhando. mas mesmo assim não deixo de entra na pagina das estaçoesbrasileiras marcelo voce percebeu que boa parte das ferrovias que foram desativadas boa parte se encontra entre são paulo e minhas gerais por qual motivo de tanto abandono de nossos governo desse dois estados tão risco em cultura e industria só ganhar dinheiro com pedagios tanto em mercadorias em passageiros pessimas estradas não temos nenhuma seguranças nas estradas que liga esse dois estado a vario acidente todos os dias e ninguem toma providencia para reativar pelo menos algumas dessas ferrovias que aqui estamos vendo graças ao seu trabalho e empenho para divulgar para nós abraço marcelo bom trabalho nas sua viagens ao longo dessas estaçoes.

Deixe seu Comentário