13/01/15

HAMMOND

DATA DA EXPEDIÇÃO: 23.11.2013
DESTINO: Estação Hammond
LOCALIZAÇÃO: Município Guariba – SP
COORDENADAS: 21°24’01″S 48°12’41″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1892
CONSTRUÇÃO: Companhia Paulista de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, cercada, dentro de uma propriedade particular
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz e Vinicius Costa

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Hammond é um lugar daqueles em que a gente demora a perceber que é real. Há muito, eu estava para ir até lá, tudo me fascinava a respeito do local, sua história, o seu nome imponente e ímpar, o fato de ainda estar preservado, enfim, tudo isso me atiçava a ir o quanto antes, e assim fiz. A velha estação está preservada dentro de uma fazenda, “Barreiro” se não me falha a memória, e após visitarmos a estação de Guariba, conseguimos várias dicas de como encontrar Hammond. Chegando lá, uma simpática senhora, cujo nome me foge agora, nos recebeu com um largo sorriso no rosto e se ofereceu para nos mostrar todo o local, pois segundo ela, o trabalho que estávamos fazendo, era de imensa importância para a história do local e do país. Depois de ouvir isso, eu assumo, quase chorei de emoção, pois são essas pequenas recompensas que me movem neste Projeto, mas enfim, sigamos em frente. Vimos todo o prédio da estação construída em 1892, sua plataforma ainda em pé, hoje servindo de garagem para os moradores, o dístico, a caixa-d’água redonda, a placa grafada “Hammond” ao fim da plataforma, os guichês de venda de bilhetes e telegramas, a placa da escola que havia no local, enfim, um prato cheio para quem gosta do tema. Os acabamentos de madeira dos guichês são um capítulo à parte, uma preciosidade sem tamanho, as mãos francesas típicas das estações da Companhia paulista também estavam por lá, e o armazém anexo a estação estava vazio, mas bem conservado. Andamos por lá, vimos em detalhes cada cantinho da estação e também da tulha da antiga fazenda, o seu terreiro de secagem de café e até mesmo o local aonde os escravos viviam. A senhora enquanto andávamos, nos contava estórias do local e detalhava os engenhos que víamos em cada canto. Hammond é uma joia preservada graças a alguma alma iluminada que valoriza a história de um modo geral. Eu não sei se a estação está sob os cuidados do dono da fazenda, mas ao que me pareceu, sim. O nome dele é Sr. Fito, e caso seja ele o responsável pela preservação, fica aqui de antemão o meu reconhecimento. Hammond era o nome de um engenheiro da Companhia Paulista, e agora é o nome de um oásis na região de Guariba. Vida longa à Hammond!

PANORÂMICAS DA ESTAÇÃO:
Com o compromisso de oferecer o máximo de detalhes que puder colher em cada local visitado, agora disponibilizo também imagens panorâmicas, para que tenham a sensação não só da estação, como também do seu entorno, espero que curtam.

PANORAMICA_HAMMOND_01

Estação Hammond vista da entrada da fazenda.

PANORAMICA_HAMMOND_02

Os guichês de venda de bilhete ainda resistem.

PANORAMICA_HAMMOND_03

Fazenda de café ao lado da estação Hammond.

FOTOS DO LOCAL:


MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER HAMMOND

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

4Comentários

  1. 18/01/15 às 14:09
    marcos antonio silva:

    Estação Hammond ano de sua construção 1892 o que houve deste sua vida util nesse segmento sobre trilhos quais a causa de sua desativação nesse ramal o que de verdade para que esse sonho nessa região pudesse chegar ao fim este seria otimo cenario para se levar turistas para conhecer tantas regiões de nosso estadoe pais que jamais conhecemos mesmo sendo brasileiros o nossos governantes não se quer tem respeito por esses patrimonio que trouxe tantas prosperidades a tantos municipios atraves dessa maravilha chamada estrada de ferro hoje tudo isso que vemos atraves da coragem de uma pessoa que se empenhou em resgata a verdadeira historia de nossas ferrovias se fosse atraves de nossos politicos isso jamais estaria aqui e marcelo belo cenario belas construções que fez parte de um historia que foi apagada com sua desativação por completo mais a historia estara registrada em cada pedaço dessa construções quantas vidas circulou por dentro dessa construção quantos foram vividos atraves do seu vai e vem atraves desse ramal desse cenario que ate hoje esta como no passado seus registros estarão nesse documentarios na sua preservação desse colaborador que esta disposto em preserva a vedadeira historia da Estação Hammond esse e o nosso brasil em não preserva essa reliquia atraves sobre trilhos trilhos que em muitos lugares foram removidos foram saquiados os nossos governantes nen se quer tem a dimensão exata de quantos kilometros de trilhos foram roubado foram abandonado em muitos trechos por onde existiu essa maravilha sobre trilhos parabens Marcelo por esse trabalho magnifico em resgata o pouco que resta da historia de nossas ferrovias em quanto durou sua vida util em transporta sonhos riquezas por este caminhos de tantos contraste e dificuldade para se chegar a tantos lugares desconhecidos a esperança e o sonho foram apagadas para sempre em reviver cada momento desta historia que aqui foi fechada pra sempre ate mais Marcelo parabens novamente.

  2. 29/03/15 às 4:18
    marcos antonio silva:

    olhando neste sentidos que estamos falando quantas estações em nosso estado e fora dela fora desativadas atraves dos anos que se passaram quantos kilometros de trilhos foram removidos e para onde levaram esta riqueza de tantas bitolas estreitas numa epoca de glorias e charme onde anda de trem era uma festa para muitos em qualquer caminho e direção aonde houvesse trilhos para se chegar ao seu destino de tantos obstaculo em sua frente hoje os obstaculos são outros exemplo maior e a estação passagem com seu caminhos de trilhos parado vagões apodrecendo com o passar dos anos e nada e feito para reativar aquela que um dia foi motivo de tanto orgulho em todos segmento e transporta carga e passageiros varios armazem que esta em sua margens da ferrovias foram completamente desativado hoje como esta a estação passagem ainda existe vida nela exemplo as cabras que fazem parte de seu cenario ate hoje eu me pergunto por qual razão esta estação que estou citando ficou nessa situação de total abandono qual a verdadeira historia por traz de tudo isso que estou citando estação passagem quantas historias foram vividas atraves de suas instalações no vai e vem de seu principal segmento que se chamava vidas por onde trilhou sonhos e lutas hoje esta adormecido com o passar dos anos este e o cenario de nossas ferrovias em nosso estado e interior chamado são paulo terra que um dia foi sonho de muitos nesse caminho de ferrovias para onde ia para onde vai hoje esta parado sem esperança que um dia volte a se locomover este e o brasil sem memoria sem respeito com seu passado abs

  3. 03/04/15 às 22:11
    marcos antonio silva:

    aqui como podemos ver o que foi de um passado de tantas estaçoes e ferrovias que cruzaram o nosso interior levando esperança e sonhos e acima de tudo o progresso atraves da estrada de ferro que existia num periodo que se transporta atraves das ferrovia era sinonimo de esperança a diversos lugares desconhecido por muito hoje como podemos ver nas estaçõesbrasileira são tanta estações desativadas ferrovias que foram removidas da noite para o dia sem explicações de quem dependia desse transporte sobre trilhos caminho que foram construidos com tantos esforços de muitos num periodo de pouca tecnologia e recursos ao inves de preserva esses caminhos de trilhos para se transportar mesmo que não seja cargas mais sim no transporte de turismo em tantas regiões de beleza naturais e de tantos cenarios que so esse meio de transporte podia propocionar em seu caminhos de tantos obstaculos que podesse existir em sua frente hoje o cenario de muitas delas se resume apenas nesse documentario que podemos ver aqui nas estaçõesbrasileiras o sonho de muitas se foi como tambem de quem dependia desse transporte em muitas regiões que foram esquecidas nesse segmentos sobre trilhos esse e um pais de muitos contrastes em muitos cenarios aqui esta um exemplo de tamanho descasos com a historia ferroviaria em nosso pais chamado brasil terra sem lei terra sem esperança para muitos como nos como vai ser o futuro de nossas ferrovias naquelas que ainda existe operando em muitas vezes em situações precarias em diversas regiões abs.

  4. 07/06/15 às 17:48
    marcos antonio silva:

    são paulo o que fizeram com a verdadeira historia ferroviaria no periodo de tantas conquista e lutas para si levar progresso atraves desse caminho chamado estrada de ferro para onde foi a historia ferroviaria de nosso estado chamado são paulo desativar e a melhor forma de tirar de seus ombros sua responsabilidade na conservação e no respeito de seu povo abs marcelo de marcos silva carapicuiba são paulo

Deixe seu Comentário