28/11/11

FRANCISCO MAXIMIANO

DATA DA EXPEDIÇÃO: 05.10.2011
DESTINO: Estação Francisco Maximiano
LOCALIZAÇÃO: Município Ribeirão Preto – SP
COORDENADAS: 21°28’46.61″S 47°58’6.54″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1913
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Demolido, apenas alguns poucos escombros restaram embaixo das árvores
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Fábio Cuervo e Vinicius Costa

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Francisco Maximiano é hoje um pequeno amontoado de escombros em meio a um mar de cana-de-açúcar. Fomos até lá para comprovar isso com nossos próprios olhos e comprovamos. Lá nada mais existe a não ser alguns tijolos e algumas bases de concreto que acredito terem sido da plataforma da velha estação. O local fica próximo do famoso Bar do Zé Goleiro na antiga estrada Ribeirão Preto/Guatapará de onde se pode observar as árvores ao redor da velha estação (quando a cana está baixa, claro). Até chegarmos lá encontramos gaviões, lontras, macacos, lagartos, patos e gansos pelo caminho e isso já valeu a viagem. De lá, fomos para Joaquim Firmino…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

Conteúdos Relacionados:

2Comentários

  1. 19/08/13 às 7:37
    marcos antonio silva.:

    o que falar destá ferrovias é estação que ném existé mais nessa região como erá lá trás nesté cenário que pudemos ver graças ao esforço de uma pessoa que tem coragem para mostrá passado é presente ao mesmo tempo para nós.existe um cenário que parece tão perfeito que até quem está do outro lado não acreditá.exemplo uma plánice com bastante vegetação.é mais gaviões sé alimentando de resto de animais. é esté bar nestá região absolutamente sózinho nessa região que um dia trafegou pessoas sonhos e tristeza com a desativação dessa ferrovias que compunha esté cenário abs vou terminar por aqui.estou para casa.

  2. 21/04/15 às 23:03
    marcos antonio silva:

    aqui o que parece que as grandes ferrovias deram lugar a outras atividades nessa região como possamos ver hoje o que esta na presença desta reportagens o que predomina e a cana de açucar mais infelismente a ferrovia deixou de existir por completo hoje e esse o retrato de nossas ferrovias em nosso pais tudo e removido desativado em varias região de nosso interior sera que as nossas ferrovias não fazem mais parte de nosso interior como no passado não muito distante esse e o nosso pais nesse segmento sobre estrada de ferro tudo esta sendo desativado por onde existiu essa reliquia que tanto falamos abs a todos.

Deixe seu Comentário