03/12/13

ELIHU ROOT

DATA DA EXPEDIÇÃO: 30.03.2013
DESTINO: Estação Elihu Root
LOCALIZAÇÃO: Município Araras – SP
COORDENADAS: 22°18’19″S 47°19’51″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1877
CONSTRUÇÃO: Companhia Paulista de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé e completamente abandonado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Fabiano Pessôa e Priscila Savoia

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Elihu Root convenhamos não é um nome comum, pelo menos não aqui no interior de São Paulo, então, partindo desta enorme curiosidade, fui em busca da velha estação, para saber um pouco mais a seu respeito e também trazer boas histórias para dividir com vocês. Elihu Root era o nome de um advogado, secretário de estado norte-americano e vencedor do prêmio Nobel da Paz, o que não é pouco, mas daí a tornar-se nome de estação ferroviária no Brasil, existe um longa distância não é mesmo? Bem, Elihu Root esteve no Brasil em meados de 1906 para presidir uma conferência no Rio de Janeiro e nesta mesma viagem veio até Araras-SP de trem, para visitar uma fazenda produtora de café, desembarcando na estação, até então conhecida como Guabiroba. Após conhecer a produção cafeeira, também foi recepcionado por imigrantes do sul dos Estados Unidos que residiam na região de Americana, o que tornou ainda mais marcante a sua estadia aqui pelos lados interioranos do estado. Sendo assim, numa época em que este tipo de visita não era um fato costumeiro, resolveu-se homenagear o ilustre visitante, convertendo o nome da estação de Guabiroba para Elihu Root. Isso posto, voltemos ao local nos dias atuais. O local está abandonado e praticamente em ruínas, os trens de passageiros cessaram suas viagens em 1977 e em 1998 os trilhos foram retirados, restando assim, apenas o complexo composto pelo prédio da estação, algumas casas de turma e um grande armazém às margens da rodovia. Andamos por lá, entramos no armazém, na estação, vimos os dísticos ainda marcantes, porém sem legibilidade, exploramos cada detalhe do local e disponibilizamos tudo nas fotos e mini-filme, na intenção de transmitir com o máximo de fidelidade os sentimentos que tivemos naquele lugar. O prédio está em pé, possui a plataforma ainda coberta parcialmente, os guichês de venda de bilhetes, os espaços das placas de quilometragem e altitude vazios, o telhado bastante comprometido, enfim, é de dar dó uma construção daquela, com a carga histórica que tem, amargurar um fim deste. Ao chegarmos, uma placa de apelo (vide mini-filme) que alguém escreveu (mal por sinal), pedia por alguma atitude da prefeitura a fim de preservar Elihu Root, o que pelo visto, foi solenemente ignorado. De Guabiroba à Elihu Root, não importa em que época ou denominação, por lá passaram desde a família real inglesa, até o elenco do filme Sinhá-Moça, além dos muitos anônimos cujas histórias certamente não são tão interessantes assim, mas que merecem a citação, pois a história não é feita somente pelo viés dos mais importantes não é mesmo? Elihu Root é um lugar forte, é uma viagem ao passado, um elo interessante, que ainda hoje une um país em formação a outro maduro, cheio de história e respeito pela história. Espero que nosso jovem país aprenda isso, e que a estação Elihu Root sirva como um sinal de despertar neste sentido. Se é que alguém está prestando atenção nela ou em mim, né? De lá, seguimos para Loreto…

PANORÂMICAS DA ESTAÇÃO:
Com o compromisso de oferecer o máximo de detalhes que puder colher em cada local visitado, agora disponibilizo também imagens panorâmicas, para que tenham a sensação não só da estação, como também do seu entorno, espero que curtam.

PANORAMICA_ELIHU_ROOT_03

Vista frontal de Elihu Root.

PANORAMICA_ELIHU_ROOT_02

Plataforma vista por trás.

PANORAMICA_ELIHU_ROOT_01

Close da estação ainda resistindo.

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ELIHU ROOT
POSTERS VINTAGE:
São ilustrações com base fotográfica, que faço sobre algumas estações que representaram algo para mim. Também tenho feito sob encomenda para pessoas que querem presentear alguém ou mesmo simplesmente tê-las para recordação de algum momento marcante, ou apenas como decoração. Todo o valor obtido com a venda destas telas, é revertido integralmente para custear novas expedições do Projeto. Nada é destinado a mim ou ao meu sustento, para isso: eu trabalho.
COLLECTION_09

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

6Comentários

  1. 03/12/13 às 4:12
    marcos antonio silva.:

    bom dia. marcelo como podemos descrever está que já foi um dia a estação de muitos sonhos é alegria de quem curtiu. desde a sua inauguração que ocoreu. nos tempos de 1877. muitos anos se passaram. mais nada foi feito na sua conservação.o nosso pais não importá com aquilo que foi do passado.na esperança de trazer o progresso para tantas regiões.foi citado que está estação foi cenário de uma novela sinhá moça. porque então marcelo a propria emissorá não cuidou desse patrimonio.mesmo não tendo mais nenhuma utilidade. nestá região.como foi citado por mim o que for do passado não importá para as nossas autoridades. como sempre.essa é a mais purá realidade desse pais chamado brasil. brasil dos sem teto.educação. saúde é segurança.tudo ao meu ver marcelo que for do passado é tratado nesse pais como sucatá. pelo nossos governantes.está estação como podemos ver está completamenté abandonada.tudo dentro dela está caindo. de má conservação.para aqueles que deveriam resgatá o que foi glorioso no passado para muitos. para o nossos governos tudo isso está no esquecimento não importndo a data de sua inauguração.o que foi transportádo por esté trilho que também nén existé mais tudo foi lápidado.com o passar dos anos. que pená que está estação chamada Elihu Root. não existá mais na sua atividade. do passado que não se misturá com o presenté é futuro. ( FUTURO ESTÉ COM O PASSAR DOS ANOS PODE DEIXAR DE EXISTÍR A VELHA SONHADA FERROVIA) ferrovia está que não tem mais nenhuma utilidade nesse meio de transporté. que para muitos foi motivó de orgulho hojé restá apenas palavras ao jogar dos ventos. ventos que levou o sonho de muitos. trabalhadores que viveu nessa epocá. o que falar mais dela apenas que descanse em paz. abs marcelo. até a proximá postagem. fica com deus. de marcos silva.

  2. 03/12/13 às 22:30
    Antonio Carlos Lang Bueno:

    Parabéns , gostei muito, da saudades .

  3. 05/12/13 às 19:02
    Maria Irani palma costa:

    Como é triste a nossa História não ser tratada como merecia ser!

  4. 05/12/13 às 20:20
    Sinibaldi Del Guercio Filho:

    Que belo trabalho o de vocês… Pena que as pessoas consideram o passado apenas como “velharias” que precisam ser colocadas à baixo para que o progresso possa chegar. Nada contra o progresso, até porque ele é inexorável. Mas por que não guardarmos nossas memórias? Por que não melhorar e não derrubar as coisas que existiam e que nos trouxeram tantas alegrias… O abandono dessa estação me causou imensa tristeza. Muito grande mesmo… Aqui em Itápolis, minha cidade, a história é tratada com desprezo, próprio de gente ignorante e de visão muito limitada. É triste…

  5. 07/12/13 às 23:58
    marcos antonio silva.:

    boa noite marcelo. aqui estou novamente. para coméntar o que foi passado é presente é futuro de nossas malhas ferroviarias. como em suas reportagens. desde o inicio para mostrá o tamanho descaso desse meio de transporté. que no passado mais uma vez. foi motivó orgulho é esperança para muitos que se dedicaram a esse projeto de nosso pioneiro chamado. ( BARÃO DE MAUÁ ) que trouxe para o nosso pais a mordenidade. desse meio de transporté.que hojé mais uma vez está acabando por várias cidades em nosso estado chamado são paulo ´vizinho.minas gerais. quanto kilometros de malhas ferroviarias foram desátivadas com o passar dos anos. anos de muitos descaso é abandono com esse pátrimonio. que levou progresso a tantos lugares distante de nossas imáginações. quantos trabalhadores se dedicaram nessa construções.tanto em malhas ferroviarias quanto nas construções das estações.para que muitos travegase nesse sonho do passado. que chegou pelo porto de santos grandes locomótivas vindo de outros paises. para que hojé está mais uma vez jogado a propria sorté em velhas estações abandonadas por completo. pelo nossos politicos. que não importá com a historia de quem viveu nessa epóca.politicos esses que ficam em seus gabinetes.esperando a próxima eleição para mandar é desmanda em nossa população essa que quando chega a horá de se aposentar é tratado como vagabundo é lixo por esses minitros da previdençia.desculpe por esse coméntário. mais essa é a purá realidade de nosso pais chamado brasil. brasil que não se importá em resgatá a memória é também na conservação de nossa malha ferroviaria. que nosso pioneiro se dedicou cada momento de sua vida nesse projeto que envolveu. tantas pessoas de outros paises na construções desse patrimonio largado a propria sorté. é hojé temos uma pessoa também de coragem para mostrá para nós seguidores de seu trabalho. que envolve o nome ferrovias.nome esse que é denominado estrada de ferro.para muito desses politico. não sabem a origem desse nome. a velha sonhada ferrovia está aos poucos desaparecendo por completo em várias regiões é cidade tanto no interior quanto no litóral.hojé mais uma vez está sendo jogado em nossas estradas todas privatizadas com vários pedágio em seus percusos. infelismente a tão sonhada ferrovia está ficando para trás.quanto foi o investimento na epóca nesse segmento chamado ferrovia.porque o tamanho descaso com esse meio de transporté. alguém tem uma respostá para nós. é marcelo vamos ver para o próximo ano de eleição.copa do mundo .tudo fica no esquecimento da memória deles. que pena que esse patrimonio com o passar dos anos está cada vez mais sucumbindo.ou sejá acabando.peço a voce marcelo é para os nossos colegas que acompanham esse projeto de levar é resgatá o pouco que restá. de nossa malha ferroviaria.pelo longo coméntários. fica com deus a todos nós. de marcos silva. abs.

  6. 25/07/16 às 11:03
    odair assumpção:

    Estou interessado em fotos da Estação de Quiririm em Taubaté, desativada
    Grato

Deixe seu Comentário