Posts encontrados na categoria: S

19/04/13

SÃO CARLOS

SAO CARLOS

Isso sem contar que por todo lado da estação, havia aquele clima nostálgico com tempero férreo, que fascina tanta gente até hoje, sejam novos ou velhos indistintamente. Falo isso, pois o pequeno “Romeo”, filho do meu sócio, com menos de 3 anos, já é fascinado por trens, sem sequer ter tido contato real com um, fico imaginando quando o “Romeozinho” passar por este momento, será certamente mágico e memorável. É um pena que os trens de passageiros estejam cada vez mais raros, diminuindo muito a possibilidade de contato com as novas gerações. Mas, voltando a São Carlos, ainda consegui encontrar um rapaz que perambulava por lá com um cabo de vassoura na mão, e o curioso é que enquanto caminhava, executava técnicas precisas de “Jo-Jutsu”, uma arte marcial baseada em combate e defesa com bastões (vide mini-filme). Seria ele um guardião do local? Tomara… >>

18/04/13

SAMARITÁ

SAMARITA

Samaritá era uma vila distante e na década de 60, teria servido de depósito de lixo tóxico da Rhodia, aonde eram jogados toda sorte de resíduos químicos, inclusive o Pentaclorofenol ou Pó-da-China, que acabou por contaminar toda aquela região e muitos dos seus moradores, tanto que alguns andavam a pé somente sobre os trilhos, pois havia casos de contaminação por toda a região, e o único lugar minimamente seguro era o leito ferroviário, pois ali embaixo, certamente ninguém tinha enterrado detritos, lixo ou qualquer outra substância tóxica… >>

15/04/13

SERRANA

SERRANA

Serrana que já foi Serrinha e Serrinha que também já foi o nome de Ipaúna, porém a Serrinha de uma, não era a Serrinha da outra enfim, foi uma confusão só para que eu entendesse direito as coisas. Uma estava na linha da E.F.S.P.M., outra no Ramal de Cravinhos da Mogiana, o de bitola estreita, no qual era a estação terminal. A segunda foi desativada na década de 50, a primeira perdurou até meados da década de 70… >>

17/03/13

SANTOS (VALONGO)

SANTOS VALONGO

Estive na antiga estação do Valongo, como era conhecida a estação Santos, da antiga São Paulo Railway, hoje desativada, e pude ver de perto como andam as coisas por lá. Era um dia chuvoso e isso dificultou um pouco a nossa exploração, mas nada que comprometesse a jornada. Hoje a estação, tombada desde 2010 é da prefeitura local, e nela funcionam a secretaria municipal de turismo, e pelo que vi, também um restaurante-escola chamado Estação Bistrô fruto de uma parceria com uma universidade local. Ao lado, ficam as garagens dos bondes turísticos, e praticamente em toda a sua volta, enormes galpões portuários… >>

23/10/12

SILVEIRA DO VAL

SILVEIRA DO VAL

Silveira do Val foi uma das primeiras estações visitadas por mim depois de iniciar este projeto. Estive lá com o meu sócio Daniel e pudemos conferir de perto cada detalhe da velha estaçãozinha. Lá ainda se encontram os dísticos (legível de um lado somente), as lousas de avisos, a caixa-d’água (um pouco a frente do prédio), enfim, muita coisa envelhecida e abandonada, porém relativamente conservada, pois o local é fechado (propriedade particular) e isso pelo que pude ver… >>

05/08/12

SANATÓRIOS

SANATÓRIOS

Sanatórios, Divina Providência ou Sanatorinhos, enfim, como queiram chamar a antiga parada, é um lugar peculiar, pois de um lado da linha vemos a entrada da cidade de Campos do Jordão, que é uma vista bonita em bem cuidada. Já do lado oposto, existem alguns terrenos abandonados, com muros pichados e bem feios, dando aquela impressão de abandono, típica da maioria das estações brasileiras. A Parada Sanatórios é hoje uma construção exótica (pelo menos ao meu ver), pois lembra uma grande sandália Havaiana vermelha, de cabeça para baixo… >>

21/07/12

SILVÂNIA

SILVÂNIA

Silvânia como algumas outras estações, caiu no nosso colo de forma inesperada. Estávamos voltando de Bueno de Andrada para Ribeirão Preto, quando ao passarmos pelo vilarejo, resolvemos entrar para dar uma olhada. E não é que saímos bem em frente a antiga estação? Com uma caixa-d’água imponente (realmente chama bastante a atenção), em formato arredondado, a estação hoje já desativada, ainda mantém sua longa plataforma… >>

19/07/12

SANTA SILVÉRIA

SANTA SILVÉRIA

Santa Silvéria atualmente é apenas um resquício do tempo à beira da estrada que liga Pirassununga à Santa Cruz das Palmeiras. Um prédio semi-destruído, triste mas com uma grande personalidade. Seu acesso é facílimo, pois está a menos de 3 metros da rodovia, nova e asfaltada. É uma ilha cercada no meio de canaviais, mas vale a parada para os que estiverem passando por lá. Certamente não serão dez minutos perdidos observando um prédio velho e esquecido, será sim, um ganho de memória, história e visão crítica… >>

04/06/12

SÃO CRISTÓVÃO

SÃO CRISTÓVÃO

São Cristóvão é a última parada do bonde urbano da E.F.C.J. que tem o seu ponto de partida na estação Emílio Ribas, situada no bairro de Capivari. São Cristóvão é uma parada simpática bem em frente a uma lagoa e atrás de um centro de lazer, num local já um pouco afastado da cidade. Como quase todas as paradas do trajeto da Estrada de Ferro Campos do Jordão… >>

29/11/11

SUCURI

SUCURI

Desta vez, o areião venceu e para sairmos de lá, tivemos que encontrar uma rota secundária, o que claro, garantiu mais emoção à expedição. Chegar até Sucuri foi relativamente tranquilo (já voltar foi uma outra história) o Daniel é ótimo navegador e o Tio Zé ótimo tio, com isso achamos fácil o destino… >>