Posts encontrados na categoria: P

02/01/17

PIEDRAS DE AFILAR*

DCIM100GOPRO

Chegando, vi um prédio simpático, bem ao estilo de outros da mesma linha que havia visitado anteriormente, feito de chapas de lata e madeira, com um telhado vermelho que dava um charme ao local (para quem conhece, lembra o estilo construtivo do antigo casario do bairro argentino de La Boca, onde as casas eram feitas com restos de material náutico, pois está ao lado de um porto e este era um material barato e farto na época). Não havia dísticos no prédio, mas sua plataforma estava lá, a linha que há muito não é usada também marca presença, um grande armazém (também de lata) construído pouco a frente da estação chama a atenção pelo seu tamanho, e indica que por ali antigamente deveriam ter escoado bons volumes de mercadorias, os mastros altos e imponentes, embora enferrujados se fazem notar de longe, as placas de quilometragem e altitude em concreto que nem o tempo foi capaz de vencer dão a identificação ao lugarejo… >>

02/05/16

PANDO*

Estive em Pando vindo de Punta del Este e seguindo para Montevideo. É uma cidade pequena, com cerca de 30 mil habitantes e que está localizada na região metropolitana da capital uruguaia. Andei por uns 10 minutos até que encontrei a estação, que, não para a minha surpresa, encontrava-se abandonada e depredada. Pichações, abandono, cheiro de urina e alguns adolescentes curtindo a sua maconha, e bem desconfiados de mim, visto que lá, o consumo é permitido. Fora isso, a realidade ferroviária do nosso vizinho não se difere muito da nossa. Linhas extintas, prédios em ruínas ou abandonados a própria sorte e material rodante enferrujando ou apodrecendo nos pátios dos “talleres” que ainda restam em operação por lá. Andei por toda a estação, apreciei a sua bela arquitetura, lamentei o seu estado e segui viagem. Infelizmente Pando não oferecia muitos atrativos além deste velho prédio… >>

20/02/16

PEDREIRA

PEDREIRA

Estive em Pedreira por três vezes e em todas elas pude ver um “mundaréu” de gente ao redor do prédio da velha estaçãozinha do ramal de Amparo. Como o local hoje é uma referência em comércio de artigos de artesanato, cerâmicas e afins, a vida ferve por ali nos finais de semana e feriados. O prédio está bem conservado, foi pintado recentemente de amarelo, e pelo que pesquisei, já foi azul e bege antes de assumir essa cor atual. Fica no meio de uma avenida/rodovia que liga Jaguaríuna a Amparo e chama a atenção de quem passa por ali. Andei, entrei, fotografei, filmei, especulei, admirei e vivi aquele momento da melhor maneira que pude, para que, exatamente como agora, eu o pudesse reviver em detalhes ao escrever este texto. Por lá, não havia placas de altitude, nem de quilometragem, também não encontrei a antiga caixa-d’água, e nem trechos de linha, desvios ou qualquer coisa que lembrasse o universo férreo, exceto claro, a própria estação. Plataforma, dísticos legíveis e cobertura suportada por mãos-francesas na entrada dos banheiros ainda estão lá e ao que parece… >>

10/03/15

PONTA PORÃ

PONTA_PORA

Já tinha estado na cidade de Ponta Porã (Ponta bonita em Guarani) por algumas vezes, porém, sem jamais ter ido até a estação ponta de linha (final do ramal homônimo), para conhecê-la de perto. Ok, imagino estar perdoado, visto que o Projeto Estações Brasileiras ainda não existia naquela época. Sempre que ia para “aqueles lados” o que mais me fascinava eram as compras generosas nas lojas da metade Paraguaia da cidade, chamada de Pedro Juan Caballero, um nome bastante sonoro e imponente, por sinal. Desta vez, foi diferente, fui para lá e me propus a ir até a velha estação, que possui um prédio grande, ainda com a “gare” já descoberta na sua maior parte, e um pátio amplo e generoso…>>

25/11/14

PEÑAROL*

DCIM100GOPRO

A estação Peñarol, está localizada no bairro homônimo na cidade de Montevideo e, hoje serve como base local da AFE – Administración de Ferrocarriles del Estado e também como um museu. O prédio da estação assim como o seu entorno foi restaurado recentemente e está em boas condições. Por lá o clima ferroviário se faz presente por todo lado, pois bem em frente, existe um grande pátio férreo, casas de conserva, oficinas… >>

11/12/13

POSTERS VINTAGE

POSTERS VINTAGE

Ilustrações baseadas em fotos colhidas por mim em cada local visitado.
Podem ser feitas sob encomenda, impressas em grandes formatos e em vários tipos de papel ou tecido.

02/12/13

PRADÓPOLIS

PRADOPOLIS

Estivemos em Pradópolis em três ocasiões, sendo duas delas após o início deste Projeto. Na primeira, ainda não colhíamos vídeos dos locais, daí a necessidade de retornarmos para complementar nossa tarefa. A antiga estação da Cia. Paulista antes chamada de Martinho Prado, está há muito tempo desativada, ainda que por aquela linha trafeguem composições carregadas de açúcar da Usina São Martinho, o velho prédio não possui função nenhuma e é o fim do ramal, visto que a linha que seguia sentido Barrinha não está mais operacional há muito tempo. Os trens por ali, seguem pelo ramal da usina aonde são carregados e partem no sentido de Campinas, sem parar na estação (para evitar furtos, segundo um segurança da usina nos disse). O local, afastado uns 7km da cidade, está favelizado… >>

28/11/13

PALMÉIA

PALMEIA

Estivemos em Palméia e pudemos documentar “in loco” as reais condições da velha estação da Cia. Mogiana em terras mineiras. Palméia a princípio estaria em terras pertencentes à Monte Belo, mas durante nossa pesquisa percebemos que ela estava em território de Muzambinho, cidade vizinha e então corrigimos o curso das coisas. É um vilarejo (não sei se é um distrito ou somente uma vila), bastante simpático e quando lá estivemos, possuia um clima bem agradável, um vento gostoso que dava um ar de frescor e liberdade… >>

30/05/13

PUERTO MADERO*

DSC03936

A estação Puerto Madero foi inaugurada em 1949 e anteriormente chamava-se 1º de Marzo. Está localizada no bairro homônimo, onde hoje estão localizados muitos restaurantes, lojas e concessionárias de automóveis de altíssimo luxo… >>

11/05/13

PERUS (E.F.P.P.)

PERUS_EFPP

Fomos até a estaçãozinha de Perus da antiga E.F.P.P. (Estrada de Ferro Perus-Pirapora), que atualmente está localizada dentro de uma estação maior e muito mais movimentada, que é a de Perus ex-S.P.R. (São Paulo Railway), hoje da C.P.T.M. (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), aonde o fluxo de pessoas e a movimentação de trens é impressionante. Por lá, ainda encontram-se resquícios de um passado bem característico, como a tradicional passarela de ferro da São Paulo Railway ligando as duas enormes plataformas… >>