Posts encontrados na categoria: MS

27/11/16

SANTA VIRGINIA

SANTA_VIRGINIA

Santa Virginia fica próxima a Ponta Porã, na divisa do Brasil com o Paraguai, bem perto ou talvez até mesmo dentro da Fazenda Itamarati, onde existe um assentamento homônimo. Pesquisando sua localização, encontrei marcações conflitantes e ao chegar no local, pude comprovar que realmente estavam equivocadas, mas ainda assim, foram de grande ajuda pois me levaram praticamente ao lado dela. Distando cerca de 1km da marcação que encontrei na internet, no sentido de Ponta Porã, o prédio ainda está de pé e resiste ao tempo da maneira que dá. Completamente abandonado e com o telhado já caído, do complexo arquitetônico da estação, apenas a sua caixa-d’água ainda tem utilidade, servindo a uma chácara vizinha. Andei por lá, explorei, vi a tristeza que é companheira presente nesse cenário, andei pela plataforma já sem cobertura, li seus dísticos ainda bem perceptíveis, pois quando são feitos no estilo “relevo” dificilmente se acabam…>>

28/06/16

MARACAJU

MARACAJU

Andei por lá, vi tudo com cuidado, cada detalhe, desde a plataforma, passando pela enorme e ainda imponente caixa-d’água com a inscrição “NOB”, pela “garagem” do auto de linha em bom estado bem em frente à estação, procurei o triângulo de reversão que já não existe mais, mas seu local está lá, tomado parcialmente pelo mato, dísticos ainda sobrevivem, enfim, pelas imagens que captei vocês terão uma ótima ideia do estado do local. Nunca fui um romântico e entendo perfeitamente as circunstâncias que levaram muitos trechos, ramais, linhas-tronco à extinção, mas não me peçam para ignorar isso. Simplesmente não consigo. É muito valor, história, trabalho e vida sendo destruídos pela falta de criatividade e capacidade de gestão do bem público… >>

10/03/15

PONTA PORÃ

PONTA_PORA

Já tinha estado na cidade de Ponta Porã (Ponta bonita em Guarani) por algumas vezes, porém, sem jamais ter ido até a estação ponta de linha (final do ramal homônimo), para conhecê-la de perto. Ok, imagino estar perdoado, visto que o Projeto Estações Brasileiras ainda não existia naquela época. Sempre que ia para “aqueles lados” o que mais me fascinava eram as compras generosas nas lojas da metade Paraguaia da cidade, chamada de Pedro Juan Caballero, um nome bastante sonoro e imponente, por sinal. Desta vez, foi diferente, fui para lá e me propus a ir até a velha estação, que possui um prédio grande, ainda com a “gare” já descoberta na sua maior parte, e um pátio amplo e generoso…>>

20/08/14

ITAHUM

ITAHUM

Estive na estação Itahum juntamente com o meu sobrinho Jeferson e com o meu “primo” Gilton, vindos de Maracaju pelo Ramal de Ponta Porã. Itahum foi inaugurada em 1949 e hoje encontra-se tombada pelo patrimônio histórico municipal de Dourados – MS, e pelo que vimos, pouco se fez para mantê-la em um estado de conservação aceitável, na verdade, é bem provável que a colocação da placa de tombamento na entrada da estação tenha sido a única medida efetivamente tomada. Itahum já foi a ponta do Ramal de Ponta Porã, que vinha de Campo Grande, passando por Maracaju e seguindo até a fronteira com o Paraguai, tendo o seu ponto final em Ponta Porã. Por Itahum, passaram trens de passageiros até meados de 1996 e os cargueiros perduraram até 2002, mas agora, está tudo num abandono só. Andamos por todo o local, vimos o prédio ainda com dísticos legíveis… >>