Posts encontrados na categoria: Especiais

06/02/17

LA FLORESTA*

LA_FLORESTA

A estação La Floresta está a pouco mais de um quilômetro do balneário homônimo, na antiga e desativada linha que ligava Montevideo a Punta del Este. Com uma população de aproximadamente 1.500 habitantes, o local está entre as estações de Parque del Plata e Piedras de Afilar, bem no meio de uma floresta (?) de eucaliptos, de onde imagino derivar o seu nome. Fui até lá acompanhado da Néia, minha esposa e por lá, explorei todo o local, atualmente convertido em uma espécie de pronto-socorro, fechado naquele dia. Um armazém feito de chapas de metal, bem ao estilo de outros que vi por lá, completava o complexo da estaçãozinha, com postes de sinalização férrea, linha ainda com lastro, dormentes e trilhos seccionados e algumas placas. É um local tranquilo, e que deixa claro a passagem do tempo, gerando uma certa melancolia. Como o céu estava nublado, é possível que o ar de abandono, misturado com ferrugem tenha me contaminado um pouco… >>

02/05/16

PANDO*

Estive em Pando vindo de Punta del Este e seguindo para Montevideo. É uma cidade pequena, com cerca de 30 mil habitantes e que está localizada na região metropolitana da capital uruguaia. Andei por uns 10 minutos até que encontrei a estação, que, não para a minha surpresa, encontrava-se abandonada e depredada. Pichações, abandono, cheiro de urina e alguns adolescentes curtindo a sua maconha, e bem desconfiados de mim, visto que lá, o consumo é permitido. Fora isso, a realidade ferroviária do nosso vizinho não se difere muito da nossa. Linhas extintas, prédios em ruínas ou abandonados a própria sorte e material rodante enferrujando ou apodrecendo nos pátios dos “talleres” que ainda restam em operação por lá. Andei por toda a estação, apreciei a sua bela arquitetura, lamentei o seu estado e segui viagem. Infelizmente Pando não oferecia muitos atrativos além deste velho prédio… >>

24/03/16

BOSA*

BOSA

Inaugurada em 1899 a estação de Bosa tem, por onde quer que se pesquise, uma relevância interessante no tocante a sua arquitetura (?) que, sinceramente, estive no local e pude ver que não é nada demais, perto dos espetaculares prédios que temos enfurnados pelo interior do Brasil. Mas enfim, voltemos a Bosa, que era uma estação para escoamento de produtos agrícolas da região e que hoje fica as margens de uma grande rodovia denominada Autopista Sur. Chegar até ela não foi fácil, ninguém em Bogotá (motoristas de taxis) sabia muito a seu respeito, meu espanhol é parco, mas meu gestual e minha perseverança compensaram tudo isso… >>

15/06/15

GARZÓN*

DCIM100GOPRO

Pueblo Garzón é uma cidadezinha ao melhor estilo “Velho Oeste” americano, situada no Departamento (estado/província) de Maldonado – UY e por lá vivem hoje, cerca de 198 pessoas, que pelos idos de 1908 eram em torno de 2.000 e muito dessa densidade populacional provavelmente deveu-se à ferrovia. Hoje a cidade (Pueblo ou Vila, como quiserem) está praticamente abandonada e o principal atrativo é o Restaurante e Bodega “El Garzon” do Chef argentino Francis Mallmman, local aonde pudemos conhecer rapidamente, pois tínhamos que seguir nossa jornada. Também existem vinícolas por lá. A estação, hoje desativada, está localizada fora da vila, porém logo na entrada, vindo por uma estrada de terra batida. Está em pé, com placas, pátio, plataforma e um frontão de entrada lindíssimo. Outro elemento de charme são as enormes palmeiras que nos acompanham até o prédio e lá nos fazem companhia durante a exploração do lugar… >>

13/06/15

BALNEARIO SOLÍS*

DCIM100GOPRO

Não consegui imagens de detalhes dela, pois 3 Pitbulls faziam a guarda da estação, e só me dei conta, quando já estavam ao meu redor, então usei a estratégia de fazer cara feia, não arredar o pé, tirar as minhas fotos e sair tranquilamente. Deu certo, mas deu medo, rerere… Por lá, reside uma família, mas não consegui conversar com eles, apenas vi uma mulher e uma criança, que logo entraram na estação, atual casa deles… >>

09/06/15

FONTIBÓN*

FONTIBON

Ter estado lá foi uma experiência incrível, ter visto como é difícil conviver com o abandono, a sujeira e o descaso, também foi um tapa na minha cara que, por vezes, achava que este tipo de coisa acontecia só aqui no Brasil. Pelas minhas andanças, tenho constatado que o abandono, seja ele justificável ou não do transporte ferroviário (especialmente de passageiros), é uma constante pelo mundo afora, e o que ameniza essa realidade, é a destinação que se dá ao que restou deste universo. Em lugares aonde a educação NÃO FALTA, tudo é melhor, prédios antigos não morrem, viram museus, escolas, centros culturais, bibliotecas ganham ainda mais vida, os entornos não viram depósitos de lixo, viram parques, sua gente não vive remoendo um passado que não voltará mais, vive olhando para o futuro espelhado nas gerações porvindouras, enfim… Espero que gostem de ver Fontibón por aqui, pois lá, a história é bem outra.

18/05/15

LA SABANA*

LA_SABANA

O entorno é bastante popular, com muita gente por todo lado e, o motorista do táxi me alertou por diversas vezes, sobre o perigo de se fotografar ali, pois os meliantes poderiam me abordar a qualquer momento, visando não só o meu celular, como também a minha carteira ou mesmo algum possível dinheiro que estivesse levando. Como não sou covarde mas também não sou besta, tratei de fazer cara de mau, estufar o peito, colher rapidamente o material e seguir a vida. Deu certo… >>

17/05/15

TEOTIHUACAN*

TEOTIHUACAN

Quando fiquei sabendo que iria para o México, esta estação me chamou a atenção logo de cara, pela sua localização, praticamente ao lado das famosas Pirâmides de Teotihuacan (ou Teotihuacán, como queiram). Situada às margens da rodovia que liga a Cidade do México à Teotihuacan, num acesso um pouco confuso que nem mesmo o motorista do nosso táxi conhecia, lá estava a velha estação, construída a 2.280m de altitude, distando 45 km da estação Buenavista na Cidade do México, com o seu prédio ainda em pé, e suas linhas ainda servindo de forma plena. Por lá, vi apenas cargueiros e uma edificação semi-abandonada, que contava com dois funcionários da ferrovia… >>

25/11/14

PEÑAROL*

DCIM100GOPRO

A estação Peñarol, está localizada no bairro homônimo na cidade de Montevideo e, hoje serve como base local da AFE – Administración de Ferrocarriles del Estado e também como um museu. O prédio da estação assim como o seu entorno foi restaurado recentemente e está em boas condições. Por lá o clima ferroviário se faz presente por todo lado, pois bem em frente, existe um grande pátio férreo, casas de conserva, oficinas… >>

09/12/13

GENERAL BROWN (PARADA CAMINITO)*

GENERAL BROWN

A estação General Brown foi inaugurada em 1866 pela Ferrocarril Buenos Aires al Puerto de La Ensenada, e hoje encontra-se demolida. Esta pequena parada, está construída a poucos metros do local da estação original que era mais a frente, na esquina com a Calle Olavarría… >>