28/01/15

BENTO CARVALHO

DATA DA EXPEDIÇÃO: 02.11.2012
DESTINO: Estação Bento Carvalho
LOCALIZAÇÃO: Município Santa Rita do Passa Quatro – SP
COORDENADAS: 21°43’7.94″S 47°33’36.34″W
TRILHOS NO LOCAL: Não
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1913
CONSTRUÇÃO: Companhia Paulista de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Demolido
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Claudinéia de Marchi, Thiago Samarino lages e Roseléia Pereira.

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Estive no local exato aonde a antiga estação Bento Carvalho teria existido, mas, lá no local, absolutamente nada indicava que, um dia ali houve uma estação do antigo ramal de Santa Rita. Olhando com extrema boa vontade, um recuo ao lado da pequena estrada de terra batida parecia indicar que pudesse ter um dia existido uma estação naquele espaço, um pequeno pátio, enfim, mas de concreto mesmo, nada. Como nem sempre as indicações e as pistas que obtemos são totalmente confiáveis, fica na minha mente que talvez pudéssemos ter errado de lugar, mas independente disso, não estávamos tão distante do local, isso com certeza. A estação Bento Carvalho, era denominada Moema e fazia parte de um ramal que seguia em bitola estreita (60cm) até Vassununga, o seu ponto final. A linha foi desativada e extinta na década de 1960, e nesses quase 60 anos, é bem provável que toda a ruína de Bento Carvalho tenha sido engolida pela voraz cana-de-açúcar, que domina aquela região, deixando-a apenas na memória de quem ainda se interessa pelo tema. Caso alguém tenha mais notícias dela, saiba a exata localização ou possa acrescentar algo relevante a esta postagem, basta me enviar, que publico com os respectivos créditos. De lá, seguimos para Santa Olívia…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER BENTO CARVALHO

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

3Comentários

  1. 18/01/15 às 13:04
    marcos antonio silva:

    ola marcelo bom inicio de ano para todos nos esperamos ver novos documentarios sobre o que foi das nossas ferrovias de um passado magestojo numa epoca que tudo que era transportado em nossas ferrovias hoje com a modernidade essa realidade acabou por onde trilhou muitas esperanças e sonhos de muitos aqui nessa reportagen sobre a estação bento carvalho nao ha muito em comentar a sua historia foi apagada por completo esse e o nosso brasil ao inves de preservar a historia de nossas ferrovias tudo e riscado de nossos registros deste do seu sugimento e sua morte nessa atividades sobre trilhos ate mais abs.

  2. 29/03/15 às 3:54
    marcos antonio silva:

    ainda bem que existe muitos apaixonados que se envolve atraves da bela magia sobre trilhos num periodo rico e promissor que foi o nosso passado quantos kilometros de trilhos foram removidos atraves dos anos de total abandonos por nossas autoridades hoje tudo esta nas mãos dessas grandes empresas logisticas que aqui vem e domina tudo por licitações que não tem nenhum fundamento em opera atraves desses trilhos que ja existia com sua chegada hoje todas opera nesse segmento que estamos falando e nada e feito para recupera o pouco que resta dessas construções e ferrovias tão ricas em detalhes que a magestade de se locomover atraves dos trilhos foram enterrompidos com a desativação de passageiros em muitos ramais por onde existiu a verdadeira historia sobre trilhos este e o brasil de tantas corrupção com o dinheiro publico e nada e feito para recupera esta magia que chamamos estrada de ferro a esperança e o caminho ainda esta aqui abs marcelo

  3. 13/03/16 às 23:21
    marcos antonio silva:

    aqui o que existia na malha ferroviaria foi completamente apagado para sempre de seus registros para que de tudo isso se constroi mais com o passar dos anos tudo e apagado sem vida sem progresso na região que dependia do seu principal fator estrada de ferro para onde foi seus caminhos saudades que jamais voltara a reviver aqui abs marcelo de marcos silva carapicuiba sp.

Deixe seu Comentário