26/05/12

ÁGUAS VIRTUOSAS

DATA DA EXPEDIÇÃO: 03.12.2011
DESTINO: Estação Águas Virtuosas
LOCALIZAÇÃO: Município Altinópolis – SP
COORDENADAS:  21° 9’13.83″S  47°29’29.14″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim (sem uso)
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1910
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro São Paulo e Minas
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, abandonado, mas em bom estado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, José Antonio Thomaz e Vinicius Costa

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Águas Virtuosas, que nome imponente não é mesmo? Chegar até lá não foi fácil, tivemos que conhecer a trilha das águas meio que à força, mas valeu muito a pena, pois o lugar é maravilhoso. Fui até lá três vezes, sendo que a primeira com o “Pretinho” meu antigo Fox 1.0, e as outras duas já com a “Pretona” uma pick-up 4×4 que comprei para poder chegar sem tantos problemas aos destinos ferroviários que tenho que visitar para o projeto. Águas Virtuosas é um local abandonado, mas o tempo parece conspirar em favor dele. A vila ferroviária da E.F.S.P.M. ainda se mantém ao lado da estação, e em algumas casas, moram famílias que como nos disseram “tomam conta do local” para que outros não destruam. Conversamos com a Dona Dircinéia, que nos contou bastante coisa, e nos apresentou o “Duly”, um ganso enorme que havia corrido atrás da gente logo que chegamos. Por lá conseguimos um belo material, boas fotos e um bom mini-filme. A curiosidade fica por conta do famigerado “Auá” que enquanto tirávamos fotos da estação e seus arredores, nos perseguiu, sempre escondido e gritando alto para que ouvíssemos: Auá, auá! Achamos aquilo estranhíssimo, pensamos ser algum animal, ave, enfim… mas seguimos documentando o que restou de um tempo que passou, como a caixa d’água, os dísticos, a lousa com a quilometragem, o poste com os ganchos para a troca de staff, a plataforma e as inscrições da antiga E.F.S.P.M. Por lá, nos esbaldamos com o clima fresco em um dia maravilhoso, embora até hoje vivemos nos perguntamos: Que diabo de Auá era aquele? Rerere…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.

ILUSTRAÇÃO DO LOCAL:
Tendo como base as imagens reais de cada local colhidas pelo Projeto Estações Brasileiras, eu desenvolvo uma ilustração que retrate emocionalmente o espírito de cada estação/parada, ou mesmo do seu entorno, no caso de já não existirem mais. A intenção é que sirva de estímulo para a interpretação crítica de cada um, seja de forma positiva, negativa, carregada de saudosismo, ou mesmo de forma contemplativa apenas. Espero que curtam.

POSTERS VINTAGE:
São ilustrações com base fotográfica, que faço sobre algumas estações que representaram algo para mim. Também tenho feito sob encomenda para pessoas que querem presentear alguém ou mesmo simplesmente tê-las para recordação de algum momento marcante, ou apenas como decoração. Todo o valor obtido com a venda destas telas, é revertido integralmente para custear novas expedições do Projeto. Nada é destinado a mim ou ao meu sustento, para isso: eu trabalho.
COLLECTION_01

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

6Comentários

  1. 18/08/13 às 4:16
    marcos antonio silva.:

    mais uma de longo percuso desativada.os trilhos já não resiste mais de tanto abandono e descaso as casas em sua volta totalmente em ruinas sem nenhuma manutenção.nesté periodo até nasce tomate nos trilhos.quem parece tomar conta desté lugar apenas um cachorro e um ganso para dar um sinal como se fosse um sinal de trens que está chegando em sua plataforma istó e apenas um sonho que passou pr está região de tanto abandono.desses governos.que gosta de deixar tudo isso a merce a propria sorté.abs.

  2. 19/08/13 às 3:37
    marcos antonio silva.:

    fico mé perguntando assim mesmo não entendo por qual mótivos que levarão á tantas desátivações de longo percurso entre esté dois estádo são paulo é minas gerais por qual interese por trás disso.vamos chega uma horá que o transporte de cargas pela rodovias vai ficar parádo com o volúme de caminhão e carros de passeio travegando ao mesmo tempo sem contar com os altos preços do pedágios que são cobrados durante o seu trájetos até o seu déstino final.qual interese entre governo é montadoras. alguém tém essa respostá.abs.

  3. 20/12/13 às 0:42
    andre luis pereira:

    gostei dos tomatinhos nos trilhos

  4. 20/12/13 às 0:43
    andre luis pereira:

    a caixa d agúa era de cimento e nao de ferro como as outras

  5. 29/08/14 às 0:36
    vaide ribeiro:

    Por um acaso e´perto da fazenda da Chanflora?

  6. 02/09/14 às 3:22
    marcelo:

    Sim, fica na Chanflora.

Deixe seu Comentário