Posts encontrados com a Tag: ""

ITAGUABA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 06.07.2012
DESTINO: Estação Itaguaba
LOCALIZAÇÃO: Município São Sebastião do Paraíso – MG
COORDENADAS: 20°50’10″S 46°55’43″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, apenas alguns trechos
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1919
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, vazio e abandonado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Vinicius Costa, José Antonio Thomaz, Pedro Gandra de Carvalho, Giuliano Martins Thomaz, Rodrigo Faustino e Alexandre Neves

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Itaguaba está localizada entre as estações de São Sebastião do Paraíso (Mogiana) e a do Morro do Ferro, ambas também já visitadas por este Projeto. Para chegarmos até lá, passamos por inúmeras paisagens lindíssimas, típicas daquela região montanhosa e cafeeira do sul de Minas Gerais. Vínhamos do Morro do Ferro e quando localizamos Itaguaba e foi uma sensação bastante gratificante. Abandonada, ela encontra-se ao lado de algumas casas (chácaras, sítios?) e com uma placa novinha em folha de propriedade do DNIT fixada na parede. Por lá, vimos a caixa-d’água, a lousa pichada com a quilometragem original (alguém pichou, mas com uma função nobre/informativa/histórica), a plataforma ainda em pé porém sem cobertura, os dísticos legíveis, sendo que um deles, encoberto pelas árvores. Vários trechos seccionados de trilhos, ainda estão lá, mantidos por toda área do pátio da estação, porém sem ligação com lugar algum. Andamos por todo o local sob o olhar curioso de alguns moradores, porém ao abordá-los, pouco sabiam a respeito da estação. Os trens de passageiros cessaram por ali em meados de 1976, e o prédio foi desativado neste mesmo período. A linha ainda continuou ativa, pois os cargueiros com cimento, vindos de Itaú para Ribeirão Preto transitaram por ali durante vários anos ainda. Algo semelhante acontece no Ramal de Caldas, aonde a mina da CBA (Estação Bauxita), ainda mantém o trecho ativo. Itaguaba está abandonada, toda em frangalhos, com as portas e janelas quebradas e mato por todo lado, mas ainda assim, impõe respeito e desperta aquele saudosismo bom, típico dos antigos ferroviários e admiradores do assunto. De lá, seguimos para São Sebastião do Paraíso (Mogiana) , o que já é uma outra história, cliquem e acompanhem!

COMPLEMENTO:
Em 1992 Itaguaba foi reformada. Ficou nova, a Estação e as casas. As mãos francesas da plataforma vieram da estação de Guaxima. E intenção era abri-la para o trafego, já que com a construção de uma alça que ligaria definitivamente o trecho da EFSPM com o trecho da Cia Mogiana a Estação de São Sebastião do Paraíso seria fechada, com de fato foi. Mas Itaguaba funcionou por pouquíssimo tempo. Os Trens seguiam com licença de Altinópolis direto a Itaú e Itaguaba foi abandonada novamente. – Enviado por Mauro Souza em 13/01/2014

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ITAGUABA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.