Posts encontrados com a Tag: ""

ANHUMAS NOVA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 10.02.2012
DESTINO: Estação Anhumas Nova
LOCALIZAÇÃO: Município Campinas – SP
COORDENADAS: 22°51’31.32″S 47° 1’47.10″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, em pleno uso pela ABPF
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1926
CONSTRUÇÃO: Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
STATUS DO PRÉDIO: Em pé, e muito bem conservado
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Esta foi sem dúvida, uma das mais importantes expedições que eu realizei nestes quase 3 anos de Projeto. Tanto pelo número de estações visitadas (23 no total), quanto pela importância das mesmas. Ter estado em Anhumas Nova e poder ter sentido na pele aquele “clima ferroviário” foi uma sensação indescritível. Provavelmente por ter ido sozinho, numa jornada um tanto introspectiva, as experiências vividas possam ter ganhado mais relevância e densidade, mas independente disso, o que vocês verão aqui, fala por si só. Anhumas Nova está localizada a uns 300 metros da estação Anhumas Original (infelizmente quando lá estive, não sabia disso e acabei documentando apenas a nova), e fica bem próxima da Rodovia Dom Pedro, praticamente atrás do Carrefour em Campinas. Como sede da A.B.P.F. (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), o local está muito bem conservado, com tudo no lugar, dísticos, plataforma, prédio, hall de entrada, placas, composições antigas, locomotivas à vapor, enfim, é uma locar que merece ser visto, visitado e explorado ao máximo, pois oferece ótimas vivências, tanto para quem viveu este universo, quanto para quem não teve esta oportunidade. Andei por lá, vi cada detalhe, tive que ser breve, pois o tempo era curto e as informações vastas, mas acredito ter conseguido trazer bons conteúdos. O nome Anhumas é derivado de um riacho próximo e também de um tipo de ave que habitava o local. A estação oferece um passeio turístico que segue até Jaguariúna, e que espero poder fazer um dia. Fica a dica de um lugar interessantíssimo e que você deve incluir no seu roteiro, quando estiver por aquela região. De lá, segui para Viracopos, uma triste realidade perto dessa, o que já é outra história…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER ANHUMAS NOVA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

CONDE DO PINHAL

DATA DA EXPEDIÇÃO: 24.04.2013
DESTINO: Estação Conde do Pinhal
LOCALIZAÇÃO: Município São Carlos – SP
COORDENADAS: 22°06’01″S 47°50’48″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, em pleno uso
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1884
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro Rioclarense
STATUS DO PRÉDIO: Abandonado, tomado pelo mato e em ruínas
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Alexandre Zeri e Amarildo Lopez

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Conde do Pinhal é um prédio em ruínas no meio de um mato só. Ali ainda trafegam cargueiros, sendo que, dois deles nos fizeram companhia enquanto estávamos por lá. Prédio, plataforma, cabine de controle, postes da eletrificação, tudo lá, tomado pelo mato alto e o abandono nu e cru. Falar de função para um prédio naquela condição parece idiotice na atual conjuntura, mas deixar aquilo lá do jeito que está soa ainda mais idiota, além de muito triste. Conde do Pinhal já foi antigamente conhecida como “Colônia”, pois por lá, moravam alguns colonos alemães que trabalhavam na fazenda do Conde do Pinhal (Antonio Carlos Botelho). Andamos por todo lado, vimos trens, linhas mal cuidadas, entramos mato adentro na base do facão e procuramos tudo o que pudesse ser relevante para trazer para vocês. O resultado foi este, espero que tenham curtido. De lá, seguimos para Visconde do Rio Claro Nova e Velha, o que já é uma outra história…

PANORÂMICAS DA ESTAÇÃO:
Com o compromisso de oferecer o máximo de detalhes que puder colher cada local visitado, agora disponibilizo também imagens panorâmicas, para que tenham a sensação não só da estação, como também do seu entorno, espero que curtam.

De frente com Conde do Pinhal.

De frente com Conde do Pinhal.

Ruínas...

Ruínas…

FOTOS DO LOCAL:

MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER CONDE DO PINHAL

POSTERS VINTAGE:
São ilustrações com base fotográfica, que faço sobre algumas estações que representaram algo para mim. Também tenho feito sob encomenda para pessoas que querem presentear alguém ou mesmo simplesmente tê-las para recordação de algum momento marcante, ou apenas como decoração. Todo o valor obtido com a venda destas telas, é revertido integralmente para custear novas expedições do Projeto. Nada é destinado a mim ou ao meu sustento, para isso: eu trabalho.

COLLECTION_03

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.

COBIÇA

DATA DA EXPEDIÇÃO: 19.05.2012
DESTINO: Estação Cobiça
LOCALIZAÇÃO: Município Altinópolis – SP
COORDENADAS: 20°59’08″S 47°14’53″W
TRILHOS NO LOCAL: Sim, apenas alguns trechos
ANO DA CONSTRUÇÃO: 1927
CONSTRUÇÃO: Estrada de Ferro São Paulo e Minas
STATUS DO PRÉDIO: Demolido, um rancho foi construído sobre a sua base
EQUIPE DE VIAGEM: Marcelo Tomaz, Jeferson Tomaz Querino e Vinicius Costa

O FILME:

RESUMO DA EXPEDIÇÃO:
Localizada entre as estações de Pio Alves e Antonio Justino, Cobiça nos deu trabalho para ser encontrada. Na primeira tentativa, a chuva intensa e o barro nos venceram facilmente, pois transitar por lá era muito difícil e a navegação impossível (talvez pelas ondas da enxurrada, até pudesse ser, rerere…). Brincadeiras à parte, voltemos a Cobiça, hoje por lá, existem alguns ranchinhos, e não deu para saber se a área foi alvo de posseiros, ou a ocupação é legal. Isso posto, o fato é que as casas estavam fechadas, nos impossibilitando de conseguir melhores imagens da velha estação, que já nem existe mais. No seu lugar, uma casinha simples foi erguida (provavelmente aproveitando a antiga plataforma), e é a sede de um dos ranchos. Em frente, uma capelinha em ruínas ainda dá o tom religioso ao local. Andamos por lá, vimos tudo, os restos da linha, ainda com trilhos aparentes, algumas placas denominando os ranchos, sempre com o tom ferroviário (vejam o mini-filme e as fotos abaixo) bastante presente. Era de manhãzinha e o frio era nosso companheiro por lá, o que ajudou bastante a compor o clima nostálgico e aventureiro. As exuberantes plantações de café nos arredores de Cobiça, são um capítulo à parte, lindas de morrer, pena não ter trazido algumas imagens delas para vocês. Eu e o meu sobrinho Jeferson fomos o trajeto todo na caçamba da “Pretona” curtindo o vento no rosto e as paisagens nos olhos, enquanto o “Benício” dirigia. Cobiça não existe mais enquanto estação ferroviária da antiga Estrada de Ferro São Paulo e Minas, mas pelo que vi, continuará ainda existindo por muito tempo, como refúgio de alguém, que valoriza a história ferroviária. Nem que seja apenas mantendo a plaquinha temática na entrada…

FOTOS DO LOCAL:


MAPA DO LOCAL:

POSTER DA ESTAÇÃO:
A cada estação visitada, seleciono uma imagem que julgo melhor refletir a expedição e a transformo num poster, unindo texto e imagem numa combinação de apelo bastante visual.
POSTER COBIÇA

POST ABERTO À COLABORAÇÃO:
A partir da publicação de cada post inicial pelo autor, fica aberto aos colaboradores e interessados, o envio de materiais para mantermos atualizadas as informações sobre cada estação. Este site tem como principal objetivo resgatar através imagens, vídeos e textos um pouco da história ferroviária do país. Todo o conteúdo de cada post inicial é original e produzido pelo próprio autor e sua equipe de viagem, visando contribuir de fato, para o crescimento do acervo de informações sobre cada estação, sua história e seus personagens.